PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Premiação cresce mais de 40% e campeão da Copa do Brasil pode levar até R$ 6 milhões

Palmeiras lucrou R$ 4,2 milhões com o título de 2012 e o valor cresceu mais de 40% - Rivaldo Gomes/Folhapress
Palmeiras lucrou R$ 4,2 milhões com o título de 2012 e o valor cresceu mais de 40% Imagem: Rivaldo Gomes/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

15/04/2013 18h56

O campeão da Copa do Brasil poderá lucrar até R$ 6 milhões ao levantar a taça da maior competição nacional. Só pelo título, a equipe embolsará R$ 3 milhões, como relevado pelo UOL Esporte. O restante corresponde aos prêmios fase a fase que a entidade concede e o valor total só será atingido se o time pertencer ao grupo dos principais clubes.

FASE DA COPAGRUPO 1GRUPO 2GRUPO 3
Fase PreliminarR$ 150 milR$ 150 milR$ 150 mil
1ª faseR$ 300 milR$ 265 milR$ 150 mil
2ª faseR$ 300 milR$ 265 milR$ 150 mil
3ª faseR$ 400 milR$ 400 milR$ 400 mil
4ª fase (oitavas de final)R$ 500 milR$ 500 milR$ 500 mil
5ª fase (quartas de final)R$ 700 milR$ 700 milR$ 700 mil
6ª fase (semifinal)R$ 800 milR$ 800 milR$ 800 mil
Vice-campeãoR$ 1,8 milhãoR$ 1,8 milhãoR$ 1,8 milhão
CampeãoR$ 3 milhõesR$ 3 milhõesR$ 3 milhões

O valor total da premiação representa um aumento de mais de 40% com relação ao valor recebido pelo Palmeiras, campeão da Copa do Brasil do ano passado. O clube alviverde recebeu R$ 4,2 milhões, sendo R$ 2,5 pela vitória na final e o restante dividido entre as fases avançadas.

No entanto, apesar do relevante aumento no valor, o prêmio pelo título nacional ainda está distante do recebido pelo vencedor da Copa Libertadores. A Conmebol pretende dar quase R$ 12 milhões ao time campeão.

A premiação da Copa do Brasil aumentou por conta o acréscimo de uma fase na comparação com a edição passada e pela entrada da Perdigão como patrocinador principal da competição, no lugar deixado pela Kia. Agora, o torneio se chama Copa Perdigão do Brasil até 2015. 

A CBF dividiu os 80 participantes da Copa do Brasil em três grupos, de acordo com o Ranking Nacional dos Clubes. Corinthians, Palmeiras, Grêmio, Fluminense, Atlético-MG e Vasco, que só entram nas oitavas de final, só receberão a partir desta fase.

No primeiro grupo – aqueles que poderão ganhar R$ 6 milhões – estão: Botafogo, Atlético-PR, Flamengo, Coritiba, Cruzeiro, Bahia, Vitória, Goiás, Santos, Internacional.

Já o grupo 2 é formado por Ponte Preta, Portuguesa, Náutico e Criciúma.

Estão no terceiro grupo: ABC, Águia de Marabá, América-MG, América-RN, Arapongas, Luziânia, Confiança-SE, Desportiva-ES, São Caetano, Itabaiana-SE, ASA, Atlético-AC, Atlético-GO, Avaí, Bangu, Betim, Boa, Cametá, Campinense, Ceará, Ceilândia, CSA, Cianorte, Bragantino, CRB, Remo, Naviraiense, CRAC-GO, Vitória da Conquista, Àguia Negra, Aracruz, Flamengo-PI, Noroeste, Santo André, Figueirense, Fortaleza, Barueri, Brasil de Pelotas, Guarani-CE, Guarani, Gurupi, Ji-Paraná, Joinville, Luverdense, Maranhão, Mixto-MT, Nacional-AM, Oratório-AP, Paraná, Parnahyba-PIm Paysandu, Resende, Rio Branco-AC, Salgueiro, Sampaio Corrêa, Santa Cruz, São Bernardo, São Raimundo, Sobradinho, Caxias, Souza-PB, Sport, Santa Cruz, Tupi, Veranópois e Volta Redonda. 

COPA DO BRASIL COMEÇA COM BOLA LARANJA E BRIGA DE D'ALESSANDRO

Esporte