Topo

Esporte


Coritiba apresenta Argel "para evitar catástrofe" e jogar por resultados

Argel foi apresentado pelo Coritiba para "evitar catástrofe" - Comunicação CFC
Argel foi apresentado pelo Coritiba para "evitar catástrofe" Imagem: Comunicação CFC

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

17/09/2018 16h02

Argel Fucks foi apresentado como novo técnico do Coritiba para, nas palavras do presidente Samir Namur, “evitar uma catástrofe”. O treinador participou de entrevista coletiva ao lado do dirigente nesta segunda-feira (17) e falou que ainda acredita no acesso, restando 11 jogos para o fim da Série B. O Coxa é 11º colocado, sete pontos distante das duas áreas extremas da tabela: o G4, do acesso, e o Z4, do rebaixamento para a Série C.

“O clube não vive uma boa fase e a gente vem fazer aqui um trabalho com uma dedicação muito grande. Eu sempre tive uma vontade muito grande de trabalhar no Coritiba, por que é um clube grande, campeão brasileiro. Nós gostamos do desafio. Vamos buscar um padrão de jogo rapidamente”, disse Argel em sua participação.

O presidente Namur explicou a opção por remanejar Tcheco para auxiliar e contratar Argel: “Uma escolha que começou a ser pensada na sexta-feira após o jogo (derrota por 1 a 0 para o Londrina). A premissa que orientou essa decisão não foi meramente trocar o comando, mas trazer um determinado perfil que se adeque ao momento da nossa equipe no campeonato”, afirmou, “E, pra ser bem direto, ainda que não tenha havido nenhuma catástrofe, é evidente que o momento na tabela se aproxima muito de uma catástrofe. E para evitar ela, entendemos que essa seria uma medida necessária.”

Tanto Argel quanto Namur falaram sobre gestão de grupo, que seria a principal razão da escolha pelo técnico que já comandou o Criciúma nessa Série B. “O Argel, falando um pouco desse perfil, que envolve aspectos táticos, mas tem muito a ver com um perfil pessoal, de trazer um profissional que seja enérgico, que traga um impacto de cobrança e também de motivação”, disse Namur.
Argel também falou sobre o tema e disse que a busca do Coxa agora é por resultados: “É um momento importante dentro da competição. Em cima disso,

traçar um objetivo e pensar jogo a jogo. Tem duas coisas que a gente preserva muito. A primeira é o resultado, a segunda é a exibição. Nesse momento, o resultado é o mais importante.”

O Coritiba viaja até Maceió para encarar o CRB (17º lugar), na sexta-feira (21), pela 28ª rodada da Série B.

Esporte