PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcação no ataque: defesa do Inter cresce com integração de setores

D"Alessandro recebe elogios pelo auxílio ao setor defensivo no Internacional - Nuno Guimarães/Framephoto/Estadão Conteúdo
D'Alessandro recebe elogios pelo auxílio ao setor defensivo no Internacional Imagem: Nuno Guimarães/Framephoto/Estadão Conteúdo

Do UOL, em Porto Alegre

21/08/2017 04h00

O Internacional vive sua melhor fase na Série B. Com cinco vitórias consecutivas, o time gaúcho aponta a integração dos setores e a marcação desde o ataque como responsáveis pela solidez de atuação.

"A marcação começa lá na frente. Com um Leandro Damião que tem sido fantástico. Um grupo que um gosta de trabalhar pelo outro, isso é muito bonito e faz o Inter ainda mais forte", disse o técnico Guto Ferreira.

O trabalho para integração foi construído a partir das semanas livres. Com uma série de treinamentos entre uma partida e outra, o comando conseguiu organizar ações que visam o modelo de jogo proposto desde que a atual comissão técnica assumiu o comando.

Até mesmo jogadores como D'Alessandro, que em tese não teria característica defensiva, está comparecendo nas ações de recomposição.

"Se fala que o D'Ale não tem poder de marcação. Mas é só olhar as estatísticas de roubo de bola que se vê a participação dele no sistema defensivo. E por quê? Porque temos um sistema direcionado pelo qual o adversário terá que passar até que chegará na roubada de bola dele", afirmou Guto.

O Inter tem no elenco o jogador com mais roubadas de bola da Série B, Rodrigo Dourado. Coletivamente, é o quinto que mais desarma entre os 20 times da segunda divisão.

"É claro que o principal jogador no desarme é o Rodrigo Dourado, que tem batido os recordes neste quesito. O Edenílson também, os lados com Sasha e Pottker, mas todos são importantes para que, integrados, consigamos retomar a bola e criar as jogadas", disse o treinador.

Nos últimos cinco jogos, o Inter sofreu apenas um gol. E marcou 13. Tem a melhor defesa da Série B e o segundo melhor ataque. O crescimento colocou o time vermelho apenas um ponto atrás do líder da competição, o América-MG. 

O Inter se reapresenta nesta segunda-feira. O próximo compromisso será diante do Paysandu, sexta-feira, no Beira-Rio.
 

Esporte