PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Felipão é absolvido pelo STJD e poderá ir a campo para receber a taça

Felipão foi absolvido pelo STJD nesta quinta (29) e comandará o Palmeiras no domingo - Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Felipão foi absolvido pelo STJD nesta quinta (29) e comandará o Palmeiras no domingo Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/11/2018 12h51

A festa será completa para o Palmeiras no domingo (2), quando a equipe terá pela frente o Vitória em jogo no qual receberá a taça de campeão brasileiro de 2018. Nesta quinta-feira (29), o departamento jurídico conseguiu absolver o técnico Luiz Felipe Scolari e o diretor Alexandre Mattos em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). 

Leia mais

A decisão favorável libera Felipão a ir a campo no jogo das medalhas do decampeonato. Caso fosse punido, Scolari poderia ser proibido de pisar no gramado e vetado, portanto, da festa pelo título nacional. 

O mesmo poderia se aplicar a Alexandre Mattos, que pela segunda vez comanda o futebol do Palmeiras em um título de Campeonato Brasileiro. O dirigente, após vencer também por duas vezes a Série A com o Cruzeiro, trabalha no clube em 2016.

Felipão foi suspenso por um jogo por insinuar um esquema de favorecimento para o Flamengo, principal concorrente na disputa pelo título nacional. Mattos também desabafou contra a arbitragem e acabou punido pelo STJD.

O treinador palmeirense, depois da vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, reclamou do acúmulo de cartões amarelos dados no confronto, especialmente para Lucas Lima, Bruno Henrique e Mayke, que desfalcaram o time no compromisso seguinte, justamente diante do rival rubro-negro carioca.

Sem o trio, o Palmeiras segurou o empate por 1 a 1 com o Flamengo, em pleno Maracanã, e sustentou a liderança. O título veio justamente no Rio de Janeiro com a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em São Januário, no último fim de semana.

Felipão conseguiu um efeito suspensivo, mas dependia do novo julgamento para ter a pena definida. Com a absolvição, Scolari se livra da obrigação de acompanhar o Palmeiras de longe no domingo.

Esporte