Topo

Esporte


Raí critica postura do São Paulo: "Se jogar como hoje fica difícil"

O diretor executivo do São Paulo, Raí, ficou insatisfeito com o desempenho do time - Marcello Zambrana/AGIF
O diretor executivo do São Paulo, Raí, ficou insatisfeito com o desempenho do time Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

10/11/2018 21h24

O executivo de futebol do São Paulo, Raí, ficou bastante irritado com a atuação do seu time no empate por 1 a 1 com o Corinthians na Arena neste sábado (10). O dirigente não poupou críticas para a postura da equipe, que jogou o segundo tempo inteiro com um jogador a mais por causa da expulsão de Araos.

"O que a gente tem de admitir e focar é que o time foi muito mal. Temos de ver o que fazer rapidamente para melhorar. Temos cinco jogos importantíssimos para terminar o campeonato", disse Raí.

Quarto colocado no Brasileirão, o São Paulo ainda briga por uma das vagas da Copa Libertadores. Próximo adversário do Tricolor paulista no nacional, o Grêmio pode ultrapassar o time do Morumbi na classificação do Campeonato neste domingo caso vença o Vasco. Vale destacar que os quatro mais bem colocados garantem lugar na fase de grupos do torneio continental. 

Siga o UOL Esporte no
"Tudo depende do São Paulo, da nossa atuação, se jogar como hoje [sábado, contro Corinthians] vai ser difícil ficar entre os quatro. Então, temos de reverter essa situação o mais rápido possível. Principalmente, na atitude e motivação", completou o dirigente, que preferiu não falar sobre a situação do técnico Diego Aguirre, que tem contrato até o fim deste ano.

"A gente não avalia o Aguirre por um jogo, ou por algumas partidas apenas. Avaliamos pela temporada toda, desde quando ele chegou. Vamos fazer isso com calma. E não vou falar de treinador por causa de um jogo em que foi mal", completou o dirigente.

Mais Esporte