PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cruzeiro leva bandeira branca para reencontro com Palmeiras:"não tem ranço"

Maioria dos jogadores que atuou na última quarta-feira não estarão no Pacaembu - Pedro Vilela/Getty Images
Maioria dos jogadores que atuou na última quarta-feira não estarão no Pacaembu Imagem: Pedro Vilela/Getty Images

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

29/09/2018 16h00

Quatro dias depois de decidirem a semifinal da Copa do Brasil, Palmeiras e Cruzeiro voltam a se enfrentar, agora pelo Brasileirão. Apesar da classificação celeste, a partida do Mineirão também ficou marcada pela confusão envolvendo alguns atletas após os 90 minutos. Evitando ser recebido com um clima hostil, o time mineiro vai até São Paulo para colocar em prática o discurso de paz usado por Felipão e Mano Menezes minutos após o último duelo. Em campo, a Raposa não terá seus principais atletas porque estará de olho no jogo contra o Boca Juniors, mas também para evitar novos momentos de tensão com seus jogadores mais esquentados.

"Se o discurso foi coerente internamente e externamente, a coisa morre por aí. São coisas que acontecem no futebol, os ânimos, a tensão, às vezes, fazem com que as coisas passem dos limites como passaram. Mas não temos nenhum tipo de ranço, foi algo circunstancial, na minha opinião. Se o discurso interno for o mesmo do externo, será um jogo de futebol normal", comentou o técnico Mano Menezes.

A tendência é que o treinador do Cruzeiro poupe quase todos atletas titulares. Alvos dos palmeirenses no Mineirão, Léo e Lucas Romero deverão começar jogando. Por outro lado, outros como Sassá, envolvido na briga do último jogo, não é tratado como titular, mas ficará de fora, conforme já antecipou o próprio Mano.

Apesar de levar seus jogadores suplentes, o Cruzeiro ainda terá peças importantes na partida do Pacaembu. Uma delas é Arrascaeta. Recuperado de dores musculares, o uruguaio ainda não estava 100% no meio da semana, mas ganhará alguns minutos para readquirir a forma física e ficar totalmente pronto para a decisão contra o Boca, na próxima quinta.

Além de Arrascaeta, outra novidade que pode pintar no Cruzeiro é o atacante Fred. Seis meses após fazer uma cirurgia no joelho direito, o atacante começa a readquirir o ritmo de jogo, vai começar no banco e pode ser testado no segundo tempo.

Esporte