PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Renato cita carência e mantém H. Almeida no Grêmio após indisciplina

Henrique Almeida foi multado por gestos obscenos, mas segue como titular - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Henrique Almeida foi multado por gestos obscenos, mas segue como titular Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

23/09/2016 12h51

Henrique Almeida seguirá no time do Grêmio. Depois de fazer gestos obscenos para torcida ao ser substituído contra o Atlético-PR, o camisa 91 foi mantido na equipe que enfrentará a Chapecoense. E Renato Gaúcho justificou sua decisão na carência de atacantes. O treinador ainda aproveitou para pedir apoio dos gremistas ao jogador.

“Nós já temos problemas com atacantes. Ele errou, admitiu isso e pediu desculpas. Eu peço ao torcedor que compreenda e apoie. A gente precisa dele. Se eu tivesse mais quatro ou cinco da posição, seria uma coisa. Como não tenho, tenho que dar força ao Henrique”, disse Renato.

Contratado no início deste ano, Henrique Almeida foi titular diante do Atlético-PR e não teve boa atuação. Vaiado ao ser substituído, no segundo tempo, reagiu e mostrou o dedo médio para um grupo de torcedores situado logo acima do banco de reservas.

O caso gerou polêmica e dividiu atenção com a classificação do Grêmio às quartas de final da Copa do Brasil, em longa disputa de pênaltis. O clube informou que aplicará multa ao atleta.

“Eu falo que vai sofrer porque o Grêmio não tem o atacante goleador. O atacante que a bola sobra e ele põe para dentro”, comentou mais adiante. “A gente cria, mas peca nas finalizações. A gente procura passar confiança e tranquilidade. De repente a bola começa a entrar, a confiança aumenta ainda mais... E aí os gols voltam”, completou depois.

O Grêmio recebe a Chapecoense no domingo, às 16h (Brasília). Edilson, Kannemann e Maicon estão suspensos pelo terceiro amarelo. Assim, o time deve atuar com: Marcelo Grohe; Ramiro, Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Walace, Jailson, Pedro Rocha, Luan e Douglas; Henrique Almeida.

Esporte