PUBLICIDADE
Topo

Tite pede voto de confiança ao torcedor e avisa: "eu sei o que estou fazendo"

 Tite quer o apoio da torcida do Corinthians rumo ao título do Campeonato Brasileiro - Mastrangelo Reino / Folhapress
Tite quer o apoio da torcida do Corinthians rumo ao título do Campeonato Brasileiro Imagem: Mastrangelo Reino / Folhapress

Carlos Padeiro

Em São Paulo

23/08/2011 13h01

Diante de novos questionamentos três dias após a derrota para o Figueirense por 2 a 0 no Pacaembu, Tite pediu um voto de confiança ao torcedor do Corinthians para a sequência do Campeonato Brasileiro.

“Peço para confiar no técnico que tem. É o mesmo que pegou esse time duas vezes. Uma na beira, no abismo do descenso, e quase levou para a Libertadores [em 2004]. Ano passado cheguei aqui e estava há sete ou oito jogos sem ganhar, faltando oito para acabar o campeonato. Não estou aqui de paraquedas e conheço bem a pressão do Corinthians. Calma, eu sei o que estou fazendo”, discursou o treinador gaúcho, após a reapresentação do elenco no CT Joaquim Grava, na manhã desta terça-feira.

CHICÃO RELEMBRA CLÁSSICO DE 2010

  • O Corinthians se mantém na liderança do Brasileirão, mas tem enfrentado dificuldades em suas últimas partidas. Após a derrota por 2 a 0 para o Figueirense, no sábado, no Pacaembu, a equipe sente a pressão para vencer o clássico deste domingo contra o Palmeiras em Presidente Prudente. Para o zagueiro Chicão, o time precisa se inspirar no passado para voltar a jogar bem.

Na sequência, Tite esclareceu para quem é o recado. “É pra ele [torcedor], não para vocês [jornalistas].”

Minutos depois, questionado se foi um desabafo, respondeu. “Não é um desabafo, são fatos reais”.

O comandante corintiano citou a campanha de 2004, quando assumiu o comando do clube alvinegro na zona de rebaixamento do Brasileiro e terminou em quinto lugar. Na temporada passada, ele chegou durante a reta final do certame nacional, quando a equipe estava em crise, sem vencer há sete rodadas. Ganhou cinco partidas, empatou três e terminou em terceiro.

Apesar de o time de Parque São Jorge ter somado apenas nove pontos nos últimos oito jogos (desempenho de 37,5%), segue na liderança do Nacional, graças aos tropeços de Flamengo e São Paulo.

O Corinthians soma 37 pontos, aproveitamento de 69%, porcentagem que pode resultar no título em dezembro, fato ressaltado por Tite. “Se fecharmos em 70% que está hoje, talvez feche no que a gente busca.”

Esporte