PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

"Ainda está tudo aberto", diz Bottas ao almejar troco em Hamilton

Bottas crê em reviravolta para voltar a liderar o Mundial - Pool/2020 Pool
Bottas crê em reviravolta para voltar a liderar o Mundial Imagem: Pool/2020 Pool

Do UOL, em São Paulo

01/08/2020 12h38

Valtteri Bottas vai largar novamente atrás de Lewis Hamilton no GP da Grã-Bretanha, amanhã, pela quarta etapa do Mundial de F-1. Apesar de ter sido superado pelo inglês em um acirrado treino classificatório, o finlandês acredita em recuperação na corrida.

E para isso, Bottas se espelha no resultado da corrida de 2019 em Silverstone. "No ano passado o Hamilton venceu a prova saindo do segundo lugar com uma estratégia diferente da minha. Então, está tudo aberto. A equipe vai fazer todo o possível para melhorar", lembrou.

"Acho que meu desempenho em uma disputa longa é muito boa. Então, eu espero que tenha chances."

Bottas também largou na segunda colocação na corrida passada, na Hungria, e apostava em um duelo acirrado na primeira curva com Hamilton. O finlandês, porém, falhou e perdeu quatro posições na primeira volta. Precisou fazer uma prova de recuperação até terminar em terceiro lugar.

Já no treino de hoje, Bottas foi o lider das duas primeiras partes, mas não conseguiu superar seu companheiro de Mercedes. Hamilton rodou no Q2, mas se recuperou a tempo e não deu chances aos adversários na última parte do classificatório.

"Foi decepcionante, mas não foi uma surpresa", resumiu Bottas. "Foi um bom treino até o Q3. Eu senti o carro bom com os dois tipos de pneus e esperei até o Q3 para fazer tudo certo. Mas no fim do treino, comecei a sentir o carro sair de traseira. E Lewis foi um pouco melhor do que eu, ele fez tudo bem hoje e por isso é o pole.

Bottas, que venceu a primeira etapa da temporada 2020 -o GP da Áustria-, ocupa a vice-liderança na classificação geral, com 58 pontos. A liderança é de Hamilton, com 63.

Fórmula 1