PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Com mais um recorde, Hamilton ressalta Mercedes e "corridas fantásticas"

Britânico da Mercedes venceu os GPs da Estíria e da Hungria - Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images
Britânico da Mercedes venceu os GPs da Estíria e da Hungria Imagem: Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/07/2020 12h12

O fim de semana foi perfeito para Lewis Hamilton. O piloto britânico cravou a pole position, venceu o GP da Hungria e ainda obteve um ponto extra por fazer a volta mais rápida do dia justamente em seu último giro. Mas tudo isso, segundo ele, se deve ao trabalho da equipe Mercedes.

"Particularmente pela volta mais rápida. Eu quero dar os parabéns a todos na fábrica e ao departamento de motores. Eles vêm fazendo um trabalho fantástico para desenvolver e melhorar neste ano", afirmou Hamilton após o triunfo que o levou à liderança do mundial de F-1. Agora ele tem 63 pontos, contra 58 de seu companheiro, o finlandês Valtteri Bottas.

A vitória na Hungria também representou um recorde para Hamilton. Ele alcançou oito triunfos no circuito de Hungaroring, igualando um feito de Michael Schumacher. O lendário piloto alemão, heptacampeão mundial, era o único a vencer oito vezes em um único circuito. O feito dele, porém, foi no GP da França, em Magny-Cours.

Hamilton também comemorou o fato de se recolocar no domínio do Mundial. Após um tropeço na primeira etapa da temporada, o GP da Áustria, ele venceu as duas últimas provas.

"A primeira etapa teve diferentes problemas e talvez eu não estivesse pronto. Agora eu refiz o foco, e as duas últimas provas foram fantásticas. Neste fim de semana, nós chegamos ao ponto e só precisamos manter isso", comentou.

No GP da Áustria, Hamilton ficou em segundo lugar -atrás de Bottas-, mas foi punido com a perda e cinco segundos por ter provocado um acidente que tirou Alexander Albon, da Red Bull, da pista. Com isso, caiu para a quarta colocação.

Sobre a corrida de hoje, Hamilton assumiu parte do mérito, mas só fazia questão de ressaltar o desempenho da Mercedes. "Honestamente, foi uma das minhas melhores corridas. "Na prova, era eu sozinho e tive um grande ritmo, mas isso não seria nada sem esses caras trabalhando."

Fórmula 1