PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Fórmula 1 anuncia adiamento de 2 etapas e temporada deve começar em maio

GP do Bahrein de 2019, no circuito de Sakhir - ANDREJ ISAKOVIC/AFP
GP do Bahrein de 2019, no circuito de Sakhir Imagem: ANDREJ ISAKOVIC/AFP

Do UOL, em São Paulo

13/03/2020 09h54

Uma dia depois de cancelar o GP da Austrália, a Fórmula 1 anunciou hoje o adiamento as etapas do Bahrein e do Vietnã por causa da pandemia do novo coronavírus. A expectativa da categoria é que a temporada agora comece em maio.

No comunicado, a categoria informa que "devido à contínua expansão global da covid-19 e após discussões em andamento com a FIA e os organizadores da corrida, foi tomada uma decisão por todas as partes de adiar o Grande Prêmio do Bahrein e o Grande Prêmio do Vietnã, que ocorreriam de 20 a 22 de março e de 3 a 5 de abril, respectivamente".

O GP da China, anteriormente marcado para 19 de abril, também já tinha sido adiado. Porém, diferentemente da prova na Austrália que teve o status de cancelada, as corridas na China, Vietnã e Bahrein ainda podem ser disputadas nesta temporada, segundo o comunicado.

"A Fórmula 1 e a FIA continuam a trabalhar em estreita colaboração com os promotores de corrida no Bahrein e no Vietnã e as autoridades de saúde locais para monitorar a situação e levar o tempo necessário para estudar a viabilidade de possíveis datas alternativas para cada Grande Prêmio no final do ano", diz a entidade.

Ainda segundo o comunicado, a Fórmula 1 agora espera que a temporada comece no final de maio, mas haverá revisão em caso de necessidade diante da propagação do novo coronavírus.

O comunicado não especifica em qual GP teria início a temporada. Estão marcados para maio os GPs da Holanda (3 de maio), Espanha (10) e Mônaco (24).

Fórmula 1