PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Webber detona Vettel, que se desculpa por ultrapassagem polêmica

Pilotos da Red Bull mal se olharam no pódio do GP da Malásia - Samsul Said/Reuters
Pilotos da Red Bull mal se olharam no pódio do GP da Malásia Imagem: Samsul Said/Reuters

Das agências internacionais

Em Sepang (Malásia)

24/03/2013 07h49

A Red Bull obteve a dobradinha no GP da Malásia, mas o clima na equipe pesou após a corrida. Mark Webber se irritou com Sebastian Vettel e acusou o companheiro, vencedor da prova após uma bela ultrapassagem sobre o australiano, de ignorar uma ordem da escuderia. O alemão se desculpou, mas Webber, irritado, disparou várias críticas.

A polêmica começou quando Vettel, na segunda posição, conversou com a equipe pelo rádio. O tricampeão mundial queria que o líder Webber fosse avisado para abrir passagem por estar mais lento, mas a Red Bull pediu ao alemão para ter calma. Na parte final, Vettel pressionou Webber e, em bela manobra, ultrapassou o colega de escuderia e venceu.

Com cara de poucos amigos, Webber desabafou. “Após a última parada, a equipe me disse que a corrida havia acabado e poderia diminuir o ritmo até o fim. Queria correr, mas o time tomou uma decisão que sempre falamos antes do início da corrida: cuidar dos pneus e levar os carros até o fim. Vettel fez suas próprias decisões e será protegido como já é comum”, criticou.

Vettel se desculpou e admitiu que errou ao protagonizar uma intensa briga pela liderança. “No fim, senti que estava em um bom ritmo e com um novo jogo de pneus médios. Estava mais veloz e foi uma briga acirrada, mas cometi um grande erro. Deveríamos continuar nas posições nas quais estávamos. Não ignorei a ordem. Assumi a liderança, mas vejo que Webber está chateado. Quero ser honesto e peço desculpas. Assumi um risco muito grande ao ultrapassá-lo e deveria ter me comportado melhor”, analisou o alemão.

Fórmula 1