PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campeão olímpico é expulso de competição de curling por competir bêbado

Ryan Fry (foto) e companheiros compareceram alcoolizados a evento no Canadá; em nota, atleta se desculpou - Paul Gilham/Getty Images
Ryan Fry (foto) e companheiros compareceram alcoolizados a evento no Canadá; em nota, atleta se desculpou Imagem: Paul Gilham/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/11/2018 19h07

Uma equipe de curling foi expulsa de um evento do World Curling Tour no último final de semana após reclamação de que seus integrantes estariam “extremamente bêbados” durante a competição.

De acordo com queixas, o time estava gritando e xingando presentes nas instalações da disputa, realizada no último domingo (18) em um clube da cidade de Red Deer (Canadá). Entre os integrantes retirados, estava o canadense Ryan Fry, campeão masculino de curling nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, em Sochi (Rússia). Jamie Koe, Chris Schille e DJ Kidby completavam o quarteto.

“Eles estavam extremamente bêbados, quebrando vassouras e xingando. É um comportamento inaceitável que ninguém quer ver ou ouvir. Foi o suficiente”, disse Wade Thurber, diretor do Red Deer Curling Centre, segundo o jornal britânico The Independent.

Leia também:

Ainda de acordo com Thurber, a equipe ainda provocou “alguns danos no vestiário”. Outras equipes presentes na disputa reclamaram que seus pertences foram vandalizados.

Fry reconheceu as críticas e disse que o comitê acertou ao expulsar sua equipe. “Minhas ações foram verdadeiramente desrespeitosas e constrangedoras. O comitê estava certo ao nos desclassificar”, disse o campeão olímpico em comunicado oficial.

“Eu me permiti perder o controle e ofendi pessoas com minhas ações. Gostaria mais do que qualquer coisa de me desculpar individualmente com cada um”, acrescentou.

Esporte