PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Chumbo e Chumbinho; irmãos vencem juntos... com um oceano de distância!

João Chumbinho voa durante etapa de Ballito, na África do Sul - WSL
João Chumbinho voa durante etapa de Ballito, na África do Sul Imagem: WSL
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

04/07/2022 19h37

Um, de olho em pontos precisos no Circuito Mundial.

O outro, curtindo a vibe de um Campeonato Brasileiro pertinho de casa.

Foi assim a segunda-feira dos irmãos Lucas e João... uma das famílias 'mais surfe' do Brasil.

Chumbinho, o mais novo, disputa etapas da World Surf League.

Chumbo, o mais velho e famoso, é campeão das ondas gigantes e raramente disputa uma etapa digamos... 'normal'.

Pela segunda semana seguida, Saquarema recebe um evento importante.

No finzinho de junho, o encontro foi com a elite da WSL na Praia de Itaúna. Lucas Chumbo não caiu no mar, mas marcou presença na torcida e de quebra, fez 'reportagns' na areia.

Agora, o palco é a vizinha Praia da Vila... e como bom local da cidade, não dava pra desperdiçar a oportunidade.

E o craque das 'bombas' de Nazaré, mostrou que também se encaixa bem nas valinhas.

chumbo - Pablo Jacinto / CBSurf - Pablo Jacinto / CBSurf
Lucas Chumbo, na abertura da 2ª etapa do Brasileiro Profissional
Imagem: Pablo Jacinto / CBSurf

Lucas "Chumbo" Chianca, foi uma das atrações na abertura do 'SSXP - Super Surf Experience - Saquarema Pro', 2ª etapa do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf).

No dia de abertura, foi disputada a primeira das três fases de 24 baterias em que foram divididos os 176 participantes da categoria masculina, e Chumbo avançou.

"É um orgulho ver o Brasil se reerguendo no surfe dentro do nosso país, ver o surfe agora em boas mãos, com uma galera que quer fazer acontecer. É muito bom ver vários campeonatos durante o ano, um calendário cheio, porque a gente estava sentindo falta disso. Com certeza, ver o Circuito Brasileiro Profissional de volta a Saquarema, com várias etapas e premiação digna, está dando vida a muitos surfistas. O Brasil é um berço de talentos no surfe e de muitos outros esportes".

Os surfistas do Rio de Janeiro ganharam a maioria das 24 baterias da primeira fase. Dez vitórias contra cinco dos competidores de São Paulo, três de Santa Catarina, duas do Ceará, duas do Rio Grande do Norte e duas do Rio Grande do Sul.

chumbinho - WSL - WSL
João Chumbinho
Imagem: WSL

Enquanto isso... a turma da divisão de acesso iniciou a 3ª das 8 etapas do 'Challenger Series', circuito que vai classificar homens e mulheres para o 'Championship Tour' de 2023.

Ballito, na África do Sul é o pico da vez, e o time brasileiro chega forte de novo, com 16 nomes na chave masculina e 4 na feminina.

Nesta segunda, foram disputadas 16 das 24 baterias do round 1 dos meninos.

João 'Chumbinho' Chianca estreou com a força de sempre, e foi um dos brazucas que avançaram em 1º lugar na disputa de 4 atletas. Na fase seguinte terá um confronto duríssimo, contra o compatriota Alejo Muniz (que também passou em 1º), o americano Crosby Colapinto (irmão de Griffin) e o australiano Morgan Cibilic (nº 5 do mundo em 2021).

herdy - WSL - WSL
Mateus Herdy manda um aéreo na 1ª fase do Ballito Pro
Imagem: WSL

Mateus Herdy e Michael Rodrigues, dois convidados que foram destaques no 'Oi Rio Pro' na semana passada em Saquarema, também seguiram para o round dos 48.

Assim como o paulista Deivid Silva, que busca no CS a reclassificação para a principal divisão da WSL.

As baixas logo na estreia foram Alex Ribeiro, Thiago Camarão, Ian Gouveia e Eduardo Motta.

Ryan Kainalo, Robson Santos, Edgard Groggia, Rafael Teixeira, Matheus Navarro, Willian Cardoso, Peterson Crisanto, Sophia Medina, Laura Raupp, Summer Macedo e Anne dos Santos ainda vão estrear..

DVD - WSL - WSL
Deivid Silva estreou com vitória em Ballito (AFS)
Imagem: WSL

Confira os próximos duelos envolvendo os brasileiros:

masculino / round 96:

heat 17: Ryan Kainalo x Ryan Callinan (AUS) x Jett Schilling (EUA) x Cam Richards (EUA)

heat 18: Robson Santos x Michael Dunphy (EUA) x Sheldon Simkus (AUS) x Cody Young (HAW)

heat 19: Edgard Groggia x Eli Hanneman (HAW) x Ketut Agus (IND) x Joan Duru (FRA)

heat 21: Rafael Teixeira x Frederico Morais (POR) x Dylan Moffat (AUS) x Chris Zaffis (AUS)

heat 22: Matheus Navarro x Liam O'Brien (AUS) x Adur Amatriain (ESP) x Marco Giorgi (URU)

heat 23: Willian Cardoso x Peterson Crisanto x Adin Masencamp (AFS) x Tyler Gunter (EUA)

masculino / round 48:

heat 3: Deivid Silva x Alejo Muniz x Crosby Colapinto (EUA) x Morgan Cibilic (AUS)

heat 5: João Chumbinho x Rio Waida (IND) x Josh Burke (BAR) x Vasco Ribeiro (POR)

heat 6: Mateus Herdy x Luke Thompson (AFS) x Kei Kobayashi (EUA) x Santiago Muniz (ARG)

heat 7: Michael Rodrigues x Jacob Willcox (AUS) x Shane Sykes (AFS) x Maxime Huscenot (FRA)

Sophia - WSL - WSL
Sophia Medina, em ação na África do Sul
Imagem: WSL

No feminino, Sophia Medina e Laura Raupp entram na água embalada por uma ótima performance na prova do Mundial Júnior, realizada no mesmo local.

Sophia foi vice-campeã, Laura só parou na semifinal.

Confira as baterias:

heat 1: Laura Raupp x Bronte Macaulay (AUS) x Leilani McGonagle (CRC) x Izzi Gomez (EQU)

heat 2: Anne dos Santos x Zoe McDougall (HAW) x Keala Bannert (HAW) x Ariane Ochoa (ESP)

heat 4: Sophia Medina x Daniella Rosas (PER) x Kelly Andrew (AUS) x Carolina Mendes (POR)

heat 10: Summer Macedo x Brianna Cope (HAW) x Mafalda Lopes (POR) x Garazi Ortun (ESP)

por @thiago_blum / @surf360_