PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Gabriel Medina continua em férias e não vai competir em Bells Beach

Gabriel Medina não vai competir na Austrália - Foto: WSL
Gabriel Medina não vai competir na Austrália Imagem: Foto: WSL
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

28/03/2022 22h39

Já era esperado e praticamente certo. Mas com a divulgação das baterias feita hoje (28) pela World Surf League, veio a confirmação: Gabriel Medina está fora da 4ª etapa da temporada, marcada para começar dia 10 de abril, na tradicionalíssima Bells Beach, Austrália.

Medina pediu dispensa do Mundial no começo do ano para cuidar da saúde mental e não compete desde setembro, quando conquistou o tricampeonato em Trestles, na Califórnia.

gabriel - reprodução/Instagram - reprodução/Instagram
Gabriel Medina no Ginásio do Miami Heat
Imagem: reprodução/Instagram

Nos últimos 2 meses, o melhor surfista da atualidade está curtindo as férias adoidado.

Badalou com os amigos em São Paulo e Balneário Camboriú.

Na semana passada, se jogou nas montanhas-russas e acompanhou um jogo da NBA em Miami, onde encontrou o amigo Jimmy Butler.

Voltou a tempo para ver a goleada da seleção brasileira sobre o Chile no Maracanã.

E, claro, não deixou de marcar presença no Lollapalloza para ver o show de Alok bem de pertinho.

Caio Ibelli, que herdou a vaga de Gabriel nos eventos do Havaí e Portugal, mais uma vez participar de uma etapa desta temporada como suplente.

Além dele, mais oito brasileiros vão disputar o campeonato em Bells: Italo Ferreira, Filipe Toledo (melhor do ranking até aqui, em 4º lugar), Samuel Pupo, Miguel Pupo, João Chumbinho, Jadson André, Deivid Silva e Tatiana Weston-Webb.

caio - WSL - WSL
Caio Ibelli vai competir mais uma vez como suplente na Austrália
Imagem: WSL

Depois de Bells, o circuito da WSL segue para Margaret Rivr, também na Austrália... e, muito provavelmente, sem Gabriel Medina mais uma vez.

E a gente segue aguardando o camisa 10 nas ondas do planeta.

por @thiago_blum / @surf360_