PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodolfo Rodrigues: apenas 6 times ainda lutam por 4 títulos em 2021

Ze Rafael e Andreas Pereira em ação durante a partida entre Palmeiras e Flamengo, pelo Brsaileirão 2021 - Staff Images
Ze Rafael e Andreas Pereira em ação durante a partida entre Palmeiras e Flamengo, pelo Brsaileirão 2021 Imagem: Staff Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

02/10/2021 04h00

A temporada 2021 está em sua reta final e, pela primeira vez na história, teremos finais dos dois principais torneios sul-americanos (Libertadores e Copa Sul-Americana), apenas com representantes do futebol brasileiro. Coincidentemente, quase todos estão na briga por títulos também nas outras duas competições: Brasileirão e Copa do Brasil.

Na briga por esses quatro títulos, porém, temos apenas 6 times na disputa. Entre eles, somente um com chance de abocanhar três taças: o Flamengo, finalista da Libertadores, semifinalista da Copa do Brasil e 4º colocado hoje no Brasileirão. O Athletico-PR, finalista da Copa Sul-Americana, está vivo também na Copa do Brasil (pega o Flamengo na semi) e tem chance de faturar dois troféus.

Outros dois times que sonham com duas taças ainda esse ano são o Palmeiras, finalista da Libertadores e vice-líder do Brasileirão, e o Atlético-MG, líder do Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil. O Bragantino, finalista da Copa Sul-Americana, busca um título na temporada, assim como Fortaleza, que pega o Galo na semifinal da Copa do Brasil.

Bragantino e Fortaleza, matematicamente, ainda têm chances de lutar pelo título do Brasileirão. O Tricolor cearense, do técnico Vojvoda, é o atual 3º colocado com 10 pontos a menos que o Atlético-MG e com um jogo a mais. Ou seja, é muito improvável que o Fortaleza entre nessa briga.

A questão financeira nessa temporada vem fazendo a diferença. Os três clubes com os elencos mais valiosos (Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG) chegaram fortes em todas as principais competições, com exceção do Palmeiras na Copa do Brasil, que foi eliminado na Terceira Fase pelo CRB, da Série B. O Bragantino, que investiu pesado no seu elenco nos últimos anos com o apoio do seu patrocinador (Red Bull), é outro que vem colhendo os frutos com esse aporte financeiro alto.

Já Flamengo e Palmeiras, que há anos vêm também com fortes elencos, chegam já na quarta temporada disputando títulos. O Palmeiras, campeão brasileiro em 2018, ganhou a Libertadores e a Copa do Brasil em 2020. Já o Flamengo, foi campeão brasileiro em 2019 e 2020 e da Libertadores em 2019.

E pelo panorama atual (com alta receita de Flamengo e Palmeiras, o investimento pesado do Atlético-MG e a boa organização de Bragantino e Athletico-PR, não é de se duvidar que todos voltem a brigar por mais títulos em 2022, abrindo cada vez mais um abismo contra equipes que não conseguem acertar suas finanças.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

Errata: o texto foi atualizado
O Flamengo foi campeão da Copa Libertadores pela última vez em 2019, não 2021, como dizia o texto. O erro foi corrigido.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL