PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Messi supera Pelé e se torna o maior artilheiro de seleções sul-americanas

Messi comemora gol da Argentina sobre a Bolívia pelas Eliminatórias  - Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP
Messi comemora gol da Argentina sobre a Bolívia pelas Eliminatórias Imagem: Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

09/09/2021 22h16

Depois de superar o recorde mundial de Pelé no número de gols oficiais por um único clube (672 pelo Barcelona contra 642 de Pelé no Santos), Messi quebrou mais uma marca do Rei. Nesta quinta-feira (9), o argentino marcou três vezes na vitória de sua seleção sobre a Bolívia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Com os três gols, Messi chegou a 79 pela seleção argentina e se tornou o jogador sul-americano com mais gols por uma seleção na história, ultrapassando Pelé, recordista desde 1971. Lá se foi uma marca que já durava 50 anos, desde 18 de julho de 1971, quando Pelé marcou pela última vez com a camisa da seleção brasileira em um jogo oficial, no empate contra a Iugoslávia por 2 x 2.

Sul-americanos com mais gols por seleções:
[79] - Messi (Argentina) - 153 jogos
77 - Pelé (Brasil) - 91 jogos
[69] - Neymar (Brasil) - 113 jogos
62 - Ronaldo (Brasil) - 98 jogos
56 - Romário (Brasil) - 70 jogos
54 - Batistuta (Argentina) - 77 jogos
53 - Cavani (Uruguai) - 123 jogos
48 - Zico (Brasil) - 71 jogos
46 - Alexis Sánchez (Chile) - 140 jogos

Com os três gols contra a Bolívia, Messi alcançou também outra marca importante, se tornando o sul-americano com mais gols na história das Eliminatórias da Copa do Mundo, superando Luis Suárez com 25 gols.

Maiores artilheiros das Eliminatórias Sul-Americanas:
[26] - Messi (Argentina)
25 - Luis Suárez (Uruguai)
20 - Marcelo Moreno (Bolívia)
19 - Crespo (Argentina)
18 - Marcelo Salas (Chile)
17 - Alexis Sánchez (Chile)
17 - Zamorano (Chile)

Entre os jogadores em atividade, quem mais se aproxima do recorde de Messi, agora, é o brasileiro Neymar, com 69 gols (contando o primeiro na partida contra o Peru nesta quinta-feira). Entre todas as seleções mundiais, o português Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro com 111 gols (33 gols a mais que Messi). Com 34 anos, o argentino dificilmente irá alcançar essa marca.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)