PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Dá para confiar no Atlético-MG nessa temporada 2021?

Cuca voltou ao Atlético-MG para comandar o clube na temporada 2021 - Pedro Souza/Atlético-MG
Cuca voltou ao Atlético-MG para comandar o clube na temporada 2021 Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

13/04/2021 04h00

Depois de gastar um caminhão de dinheiro em contratações em 2020 e buscar o técnico argentino Jorge Sampaoli, o Atlético-MG se credenciou como forte candidato ao título do Brasileirão.

No começo do campeonato, bateu o Flamengo no Maracanã, atropelou o São Paulo no Mineirão e chegou a assumir a liderança com um futebol ofensivo.

Na virada do turno, goleou o Flamengo por 4 x 0 e teve tudo para brigar pelo título. Mas...voltou a apresentar os mesmos problemas de outras temporadas e morreu na praia. Principalmente pelo fraco desempenho como visitante, quando tinha a tabela mais favorável entre os candidatos ao título.

Para 2021, o Galo perdeu Sampaoli, mas trouxe de volta o técnico Cuca, campeão da Libertadores pelo clube em 2013, e que levou o Santos ao vice da competição sul-americana em 2020. Além disso, contratou pesado novamente, buscando o argentino Nacho Fernández, destaque do River Plate-ARG nos últimos anos, o atacante Hulk, ex-seleção brasileira, além do lateral esquerdo Dodô e o volante Tchê Tchê, ex-São Paulo.

De acordo o site Transfermartk, especializado em valores dos passes dos atletas, o Galo tem hoje o terceiro elenco mais valioso do Brasil (81,2 milhões de euros), atrás de Flamengo (128,8) e Palmeiras (119,2). Em alguns jogos do Campeonato Mineiro desse ano, o time chegou a vencer bem seus jogos, mas teve dois tropeços que já botaram uma pulga atrás da orelha do seu torcedor.

No dia 1º de abril, perdeu a invencibilidade no Campeonato Mineiro ao ser derrotado, de virada, pela Caldense por 2 x 1. Isso com seu time completo e com um jogador a mais nos 15 minutos finais. Nesse domingo (11), perdeu o rival Cruzeiro por 1 x 0 no Mineirão. Na Série B do Brasileirão, a Raposa (que tem um elenco avaliado em 14,1 milhões de euros), fez um jogo parelho, mereceu a vitória e nem de longe mostrou a enorme diferença técnica entre os dois elencos.

No próximo dia 21, o Atlético-MG vai fazer sua estreia na Libertadores 2021 contra o Deportivo La Guaíra, na Venezuela. Num grupo que tem ainda América de Cali-COL e Cerro Porteño-PAR, o Atlético tem tudo para avançar com sobras para as oitavas de final. Mas dizer que o time é candidato a brigar por títulos importantes ainda é uma incógnita.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL