PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Diego entra na lista dos capitães com mais títulos no Brasileiro desde 1971

Diego, do Flamengo, em lance com Edenílson, do Inter - Thiago Ribeiro/AGIF
Diego, do Flamengo, em lance com Edenílson, do Inter Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

25/02/2021 23h54

Jogador mais velho do elenco do Flamengo (vai fazer 36 anos no próximo dia 28) e com mais tempo de casa (está no clube desde 2016), o meio-campista Diego Ribas conquistou o Brasileirão de 2020, o seu 8º título pelo Rubro-Negro.

Capitão e camisa 10, o experiente jogador, que passou a atuar como volante na reta final sob o comando do técnico Rogério Ceni, levantou a taça do Brasileirão pelo Flamengo pelo segundo ano consecutivo e entrou na lista dos capitães com mais troféus erguidos da competição.

Desde 1971, os recordistas são Zico (4 vezes pelo Flamengo), Rogério Ceni (3 vezes pelo São Paulo), Figueroa (2 vezes pelo Internacional), Ademir da Guia (2 vezes pelo Palmeiras), Fábio (2 vezes pelo Cruzeiro) e, agora, Diego (2 vezes pelo Flamengo).

Campeão brasileiro com o Santos em 2002 (quando tinha apenas 17 anos) e em 2004, Diego entra também na lista dos jogadores com mais títulos brasileiros desde 1959. Em sua carreira, Diego foi ainda campeão português com o Porto (2006) e espanhol com o Atlético de Madri (em 2014).

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)