PUBLICIDADE
Topo

Jorge Jesus é o maior técnico da história do Flamengo?

Jorge Jesus em Flamengo x Boavista - Alexandre Vidal /Flamengo
Jorge Jesus em Flamengo x Boavista Imagem: Alexandre Vidal /Flamengo
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

15/07/2020 04h00

No comando do Flamengo há um ano e um mês, o técnico português Jorge Jesus tem a chance de conquistar nesta quarta-feira (15), na final do Carioca contra o Fluminense, seu quinto título pelo rubro-negro e chegar ao segundo lugar na lista dos treinadores mais vitoriosos do clube.

Campeão Brasileiro e da Libertadores em 2019, Jesus venceu a Supercopa do Brasil e a Recopa Sul-Americana em fevereiro de 2020 e tem agora a oportunidade de levantar mais sua quinta taça em sete disputas - foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil ano passado e perdeu a final do Mundial de Clubes da Fifa em dezembro para o Liverpool-ING.

Números de Jorge Jesus no comando do Flamengo

Na história do Flamengo, em mais de 120 anos, o técnico mais vitorioso, entre os 104 que dirigiram o clube, é Carlinhos, com seis conquistas. Isso em campeonato oficiais, sem contar torneios amistosos e títulos de turnos do Campeonato Carioca, como Taça Guanabara e Taça Rio. Carlinhos, ex-meia do Fla nos anos 1950 e 1960, com 515 partidas disputas, tem entre suas conquistas a polêmica Copa União de 1987, ignorada pela CBF, que declarou o Sport como o legítimo campeão daquele ano.

Em número de jogos, Jorge Jesus dificilmente chegará perto dos recordistas Flávio Costa (765 partidas), Fleitas Solich (504), mas poderá, caso fique no Flamengo até o final do seu contrato, entrar no top-10 dessa lista. Sem contar a final contra o Flu, o português tem 56 jogos. Armando Renganeschi, o 10º que mais treinou, comandou o rubro-negro em 127 partidas.

Entre os estrangeiros, Jorge Jesus é o quinto com mais jogos, atrás do paraguaio Fleitas Solich (504), do argentino Armando Renganeschi (127), do uruguaio Juan Carlos Bertone (74) e o húngaro Dori Kürschner (69).

Com 81% de aproveitamento em seus 56 jogos, Jorge Jesus tem um desempenho superior ao do recordista Cláudio Coutinho, que conseguiu 74,5% com o Fla entre 1976 e 1980. Invicto no Maracanã em 32 jogos disputados e também em 2020 nos 17 jogos que comandou o time, o Mister precisa de um empate nesta quarta-feira, no Maracanã, para ser campeão mais uma vez.

Técnicos com mais títulos oficiais na história do Flamengo:

Carlinhos - 6 títulos

Carlinhos na última passagem pelo comando do Flamengo, em 2000 - Nelson Almeida/Sportpress - Nelson Almeida/Sportpress
Carlinhos na última passagem pelo comando do Flamengo, em 2000
Imagem: Nelson Almeida/Sportpress
  • Campeonato Brasileiro (1987* e 1992)
  • Copa Mercosul (1999)
  • Campeonato Carioca (1991, 1999 e 2000)
  • Disputou 318 jogos, com 162 vitórias, 84 empates e 72 derrotas (59,5% de aproveitamento)

Flávio Costa - 5 títulos

  • Campeonato Carioca (1939, 1942, 1943, 1944 e 1963)
  • Disputou 775 jogos, com 442 vitórias, 150 empates e 183 derrotas (63,4% de aproveitamento)

Jorge Jesus - 4 títulos

Jorge Jesus comanda o Flamengo em vitória para o Boavista no Maracanã - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
  • Copa Libertadores (2019)
  • Campeonato Brasileiro (2019)
  • Supercopa do Brasil (2020)
  • Recopa Sul-Americana (2020)
  • Disputou 56 jogos, com 42 vitórias, 10 empates e 4 derrotas (81% de aproveitamento)

Cláudio Coutinho - 4 títulos

Cláudio Coutinho, técnico do Flamengo no título brasileiro de 1980 - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
  • Campeonato Brasileiro (1980)
  • Campeonato Carioca (1978, 1979 e 1979 (especial))
  • Disputou 267 jogos, com 180 vitórias, 59 empates e 28 derrotas (74,5% de aproveitamento)

Paulo César Carpegiani - 4 títulos

O técnico Paulo Cesar Carpegiani comanda o Flamengo contra o Bangu - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
  • Mundial Interclubes (1981)
  • Copa Libertadores (1981)
  • Campeonato Brasileiro (1982)
  • Campeonato Carioca (1981)
  • Disputou 155 jogos, com 94 vitórias, 34 empates e 27 derrotas (67,9% de aproveitamento)

Fleitas Solich - 4 títulos

  • Torneio Rio-São Paulo (1961)
  • Campeonato Carioca (1953, 1954 e 1955)
  • Disputou 527 jogos, com 306 vitórias, 111 empates e 110 derrotas (66,1% de aproveitamento)

* Módulo Verde da Copa União, não reconhecido pela CBF