PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: Peixe melhora a passos de tartaruga, e 2022 será bem difícil...

Bruno Méndez e Marcos Leonardo disputam lance na partida entre Internacional e Santos - Pedro H. Tesch/AGIF
Bruno Méndez e Marcos Leonardo disputam lance na partida entre Internacional e Santos Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

28/11/2021 20h55

Internacional 1 x 1 Santos

Depois de passar pelo Fortaleza na rodada anterior (2 a 0), cravei que embora ainda não estivesse fora da ameaça do rebaixamento, o Santos não cairia, por ser o maior de todos.

Agora, um empate fora de casa contra o Inter, que se não é aquela maravilha que foi no Brasileiro passado, ainda assim é um adversário sempre cascudo no Beira-Rio.

E, por mais que se fale que Carille não orne com o tal "DNA" ofensivo do Santos, o treinador vai conseguindo ao menos melhorar um pouco a forma da equipe jogar, ainda que a passos de tartaruga, uma vez que o elenco é bem fraco mesmo.

O Inter abriu o placar aos 45 do primeiro tempo (Luiz Felipe contra) e o Peixe empatou com Marcos Leonardo, logo a um minuto de bola rolando na etapa final.

Foi um jogo lá e cá, que melhorou no segundo tempo, com chances para os dois lados e João Paulo, como sempre, fazendo boas defesas.

Que goleiro espetacular, não é mesmo?

Certeza mesmo é a de que a continuar neste compasso, o torcedor santista deve se preparar para um 2022 bem complicado.

Se em 2021 o Peixe "balançou", é preciso tomar ainda mais cuidado no ano que vem, que está logo aí!

Já o Inter, que sempre tem um trunfo chamado Abel Braga na manga do colete, caso perca seu técnico para a seleção uruguaia, também é claro que vai precisa se reforçar caso queira lutar por títulos, podendo ser o único representante gaúcho no Brasileirão de 2022...

Será, caso isso aconteça, uma missão e tanto para o time colorado.

OPINE!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL