PUBLICIDADE
Topo

Invicto, gênio defensivo e ostentador nas redes: quem é Floyd Mayweather

Mayweather provoca McGregor com a bandeira da Irlanda: polêmico dentro e fora do ringue - Christopher Katsarov/The Canadian Press/AP
Mayweather provoca McGregor com a bandeira da Irlanda: polêmico dentro e fora do ringue Imagem: Christopher Katsarov/The Canadian Press/AP

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

25/08/2017 12h00

Aos 40 anos, Floyd Mayweather fará possivelmente sua última luta profissional de boxe neste sábado (26), contra Conor McGregor, fechando uma carreira cintilante que é suficiente para colocá-lo em qualquer lista de maiores da história do esporte. Mas se você não acompanha a modalidade de perto, talvez não saiba exatamente quem é o homem que enfrentará o astro do UFC em busca de sua 50ª vitória em 50 combates.

Treinado desde criança por uma família de boxeadores, talentoso e dedicado, polêmico dentro e fora do ringue, um gênio na arte de se defender, um dos esportistas mais bem pagos da história, dono de um reprovável histórico de violência doméstica. Tudo isso pode ser usado para contar quem é o atleta e homem Mayweather. Confira, a seguir, 10 curiosidades sobre "Money":

1 – Ele tem o boxe no sangue

John Locher/AP Photo
Imagem: John Locher/AP Photo

Floyd Mayweather é, na verdade, Floyd Mayweather Jr. Seu pai, Floyd Mayweather Sr., foi um boxeador profissional conhecido por ser um excelente estrategista defensivo – estilo que posteriormente seria refinado e levado à quase perfeição por seu filho. Dois tios de Mayweather, Roger e Jeff, também foram pugilistas, sendo que Roger conquistou dois títulos mundiais. Floyd Sr. e Roger foram os principais treinadores de Floyd Jr., que aos três anos de idade já era levado pelo pai para a academia.

2 – Ele já ganhou uma medalha olímpica

Al Bello /Allsport
Imagem: Al Bello /Allsport

Antes de começar sua invicta carreira profissional, Mayweather construiu um excepcional cartel amador: 84 vitórias e oito derrotas. O último episódio dessa fase da carreira aconteceu nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996. Considerado um prodígio, Floyd brilhou na competição e ficou com a medalha de bronze no peso pena, aos 19 anos. Sua derrota na semifinal para o búlgaro Serafim Todorov foi considerada muito controversa – tanto que o árbitro levantou a mão do norte-americano por engano antes de corrigir o resultado.

3 – Ele teve muitos problemas familiares

Getty Images
Imagem: Getty Images

A infância de Mayweather não foi nada fácil. Sua mãe, Deborah Sinclair, era viciada em drogas – e quem vendia as drogas para ela era ninguém menos que seu pai, Floyd Mayweather Sr. A relação de Floyd Jr. com o pai, aliás, sempre foi conturbada, cheia de brigas, separações e voltas. Floyd Sr. foi preso por tráfico de drogas quando o filho tinha 16 anos e só saiu da cadeia cinco anos depois, com Mayweather já estabelecido como profissional e treinado por seu tio Roger. Atualmente, os dois voltaram a se falar e estão reconciliados.

4 – Ele poderia ter enfrentado Popó

JOHN GURZINSKI/AFP
Imagem: JOHN GURZINSKI/AFP

Logo depois de nocautear Diego Corrales em uma das lutas mais espetaculares e memoráveis de sua carreira, em 2001, Mayweather pediu para enfrentar o vencedor do duelo entre o cubano Joel Casamayor e o brasileiro Acelino "Popó" Freitas. Popó venceu Casamayor, mas o duelo com Mayweather nunca se concretizou. Em 2015, antes de Mayweather enfrentar Manny Pacquiao, o brasileiro relembrou o caso nas redes sociais e acusou Floyd de evitá-lo no auge da carreira. "Não estaria invicto se tivesse passado por mim", escreveu Popó.

5 – Ele tem uma das melhores defesas da história

Getty Images
Imagem: Getty Images

Se Mayweather tem 49 vitórias em 49 lutas profissionais, e 15 títulos mundiais em cinco categorias diferentes, o principal motivo é definitivamente sua capacidade defensiva. Além de um condicionamento físico impressionante e de reflexos e instintos extremamente rápidos, Floyd é especialista em uma postura defensiva pouco convencional, chamada de "philly shell", na qual ele fica de lado para o adversário, com o braço esquerdo abaixado, e usa o ombro para proteger o queixo enquanto desfere contragolpes certeiros com a mão direita. Conectar um único golpe efetivo em Mayweather é desafio ingrato mesmo para os melhores pugilistas do mundo.

6 – Ele já trocou de apelido no ringue

Getty Images
Imagem: Getty Images

Quando começou a carreira, Floyd tinha o apelido de "Pretty Boy" ("Garoto Bonito"), já que quase nunca saía com o rosto machucado de nenhum treino ou luta. Mas à medida que a carreira foi evoluindo – e os milhões de dólares foram entrando –, Mayweather decidiu mudar sua marca registrada. Hoje, ele é conhecido por um apelido que define bem sua imagem pública: "Money" (literalmente, "Dinheiro").

7 – Ele não tem problema nenhum em ostentar

Reprodução
Imagem: Reprodução

Dinheiro, aliás, não é problema para Mayweather. Um dos esportistas mais bem pagos da história (liderou a lista da Forbes entre 2012 e 2015), recordista de vendas de pay-per-view e dono de uma fortuna estimada em mais de 400 milhões de dólares, ele não se constrange nem um pouco em exibir seus bens materiais nas redes sociais. Fotos de Floyd contando maços gigantes de dinheiro, empilhando caixas de compras e rodeado de mulheres não são novidade. Seu investimento mais recente, aliás, é uma casa de strip-tease em Las Vegas.

8 – Ele já foi preso por agredir a ex-namorada

Ethan Miller/Getty Images/AFP
Imagem: Ethan Miller/Getty Images/AFP

Mayweather já teve muitos problemas com a lei relacionados a violência contra mulheres. Entre 2002 e 2005, ele foi acusado três vezes e chegou a ser condenado, mas não cumpriu pena. Já em 2011, ficou dois meses na cadeia por agredir a ex-namorada Josie Harris. Em sua defesa, o lutador afirmou que Harris estava drogada e ele precisou "contê-la" – o que resultou em um processo por difamação contra ele.

9 – Ele já se aposentou duas vezes

Getty Images
Imagem: Getty Images

Floyd está retornando aos ringues aos 40 anos para enfrentar McGregor após ficar quase dois anos aposentado – sua última luta foi contra Andre Berto, em 2015. Mas essa não é a primeira vez que Mayweather volta de uma aposentadoria. Após nocautear Ricky Hatton em 2007 e conquistar seu 39º triunfo em 39 lutas, ele anunciou que deixaria de competir para ser empresário de boxeadores. Ficou 21 meses parado, mas acabou voltando em 2009 para derrotar o mexicano Juan Manuel Márquez.

10 – Ele nunca foi sequer derrubado

REUTERS/Steve Marcus
Imagem: REUTERS/Steve Marcus

Tecnicamente, Mayweather sofreu apenas um knockdown na carreira: em 2001, contra Carlos Hernández, ele machucou a mão enquanto conectava um golpe e acabou tocando com a luva no chão. Mesmo sem ser atingido, o árbitro contou até oito antes de deixar a luta prosseguir – Floyd venceu por decisão unânime. Já em 2006, contra Zab Judah, Mayweather também tocou a luva no chão após levar um golpe, mas o árbitro considerou um escorregão, e não um knockdown. O fato é que, em 49 lutas profissionais, ele nunca foi efetivamente à lona por um golpe recebido.

Esporte