PUBLICIDADE
Topo

Salvador

Paris Hilton ataca de DJ em camarote no Carnaval de Salvador

Paris Hilton se apresenta no Camarote Salvador - Deividi Correa/AgNews
Paris Hilton se apresenta no Camarote Salvador Imagem: Deividi Correa/AgNews

Gilvan Marques

Do UOL, em Salvador

11/02/2018 01h42

A socialite Paris Hilton esteve no Carnaval de Salvador para atacar de DJ no começo da madrugada deste domingo (11). A americana foi uma das atrações em um dos camarotes mais badalados da capital baiana, com uma apresentação marcada para começar às 23h30 de sábado (10) e terminar à 1h do dia seguinte.

Animada, Paris agitou o público com som frenético enquanto segurava uma bandeira colorida e pulava a todo momento. "Olá, brasileiros sexys", gritou a socialite entre uma música e outra.

Com duas pistas disponíveis, o camarote estava parcialmente ocupado: a pista de baixo lotada, a de cima nem tanto.

Paris Hilton se despediu dos baladeiros de plantão à 1h02 (horário local de Salvador) com o discurso de agradecimento e o famoso "eu amo vocês, muito obrigada". A patricinha deixou a boate do camarote a passos largos e escoltada por vários seguranças doze minutos depois.

Após a apresentação, a socialite subiu para a área vip onde foi tietada, tirou selfies e dançou ao som do axé baiano. Ela foi cumprimentada pela cantora Gilmelândia.

Paris Hilton foi a quarta atração da festa, que teve início às 20h e irá até as 6h. Depois dela, se apresentarão o DJ americano Kaskade e dupla australiana Nervo.

Negociações

Ao UOL, Luciana Villas-Bôas, diretora-executiva do Camarote Salvador, disse que as negociações com Paris Hilton demoraram seis meses. Valores não foram revelados. É a primeira vez da socialite no Carnaval da Bahia. 
Paris fez questão de testar o som mais cedo, e veio sem nenhum segurança --o que surpreendeu muita gente da produção do Camarote.

Pelo Instagram, Hilton registrou seu trajeto até o local da apresentação e compartilhou vídeos mexendo nos equipamentos utilizados na festa - além de chamar seus fãs para a noite.

Segundo UOL apurou, ela não deu autorização para entrevistas, apenas fotógrafos.