PUBLICIDADE
Topo

Salvador

"O Carnaval da Bahia perdeu muito, ficou uma coisa burguesa", diz Piovani

Luana Piovani comenta sobre o Carnaval de Salvador - Reprodução
Luana Piovani comenta sobre o Carnaval de Salvador Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

24/01/2018 17h45

Luana Piovani tirou alguns minutos de sua quarta-feira (24) para falar bem da Bahia em seu canal no Youtube. No entanto, a elitização do Carnaval baiano foi alvo de críticas da atriz, que já curtiu bastante a folia por lá.

"Sou exímia conhecedora do Carnaval baiano, fui sete ou oito anos para Salvador. Saí nesses trios elétricos que fazem o percurso tradicional, dentro da cidade. Ainda estava começando a existir o trajeto ali da Barra, beirando o mar, bem menor", recorda, dizendo o que a desencantou.

"O Carnaval da Bahia perdeu muito. Sei que pode parecer uma loucura o que estou falando, mas o Carnaval é uma festa popular. Hoje em dia são poucos os blocos que restaram no tradicional trajeto do Campo Grande e só tem camarote. O camarote é carérrimo, tem música eletrônica de primeiro mundo, contratam DJs do mundo inteiro para tocar. Passa o trio, você vê de leve. Deu uma perdida na história bacana do Carnaval, que é uma festa do povo, uma festa de rua", critica, explicando o que a leva a pensar assim.

"Ficou uma coisa meio burguesa. Não que eu não seja burguesa, e não tenho nem vergonha de dizer que eu sou, eu me tornei porque trabalhei muito para ter uma condição melhor que a da minha mãe quando nasceu. [O Carnaval] Não é mais aquilo que era, agora tem muito camarote, fica todo mundo numa pose... eu preferia o de antigamente".