PUBLICIDADE

Topo

"Tio Drauzio" responde dúvidas de crianças para a campanha Vacina Sim

Drauzio Varella na quinta fase da campanha Vacina Sim - Divulgação/ Consórcio de Veículos de Imprensa
Drauzio Varella na quinta fase da campanha Vacina Sim Imagem: Divulgação/ Consórcio de Veículos de Imprensa

25/01/2022 04h00

"A vacina dói?"

"Quase nada. É uma agulha bem fininha."

Com jeitinho e bom humor, o médico Drauzio Varella responde perguntas de crianças entre 5 e 11 anos. Desde o último dia 14 de janeiro, elas foram autorizadas a receber a primeira dose de vacina contra a Covid-19. Junto com a nova fase de vacinação, surgiu também uma gama de dúvidas. Para ajudar a sanar parte dos questionamentos e estimular os pais e responsáveis a aderirem a vacinação, o consórcio de veículos de imprensa - formado por UOL, TV Globo, G1, GloboNews, O GLOBO, Extra, Estadão, Folha de S. Paulo - reitera seu compromisso com a sociedade e lança a quinta fase da campanha 'Vacina Sim'.

O lançamento da nova fase foi marcado por reportagem veiculada no Fantástico, em que "Tio Drauzio" esclareceu as principais dúvidas dos pequenos, os interessados da vez. "Só estaremos livres quando vacinarmos todas as pessoas e as crianças não podem ficar de fora, elas têm que ser protegidas", afirma o médico. O discurso simples e fácil de entender pode ajudar a convencer as crianças de que vale a pena levar aquela picadinha:

Por que as crianças precisam se vacinar?

Drauzio: "Se você não se vacina, o vírus pega o seu organismo desprevenido, te deixa doente e pode até ser que uma doença mais grave faça você ir pro hospital. Se estiver vacinado, seu sistema imunológico 'vai lá' e destrói o vírus, e você não vai ter nenhuma doença grave."

A vacina vai me dar superpoderes?

"Você não vai ganhar superpoder nenhum. Mas vai ganhar o poder de combater o vírus, o que não é pouco, hein?"

Quantas doses as crianças precisam tomar?

"Em princípio, são duas doses de ambas as vacinas."

Vai dar reação?

"Pode provocar alguns sintomas. Que são mal-estar, febre baixa, cansaço, mas isso dura um dia ou dois e acaba. As vacinas são muito seguras."

Queria saber se a vacina dá 100% de imunidade.

"A vacina evita que você tenha uma doença grave e que vá parar no hospital. Mas não impede que você adquira o vírus e que fique um pouco doentinha, não muito diferente de outras doenças que você já teve."

Tem vacina eficaz pra todas as mutações do vírus?

"Essa vacina protege contra todas as variantes conhecidas do vírus."

Vou poder abraçar meus amigos?

"Logo mais, precisa dar um tempinho agora."

Depois pode tirar a máscara?

"A máscara vamos ter que usar por um pouco mais de tempo."

Vale nota na prova?

"Vale uma nota no combate ao vírus. Se você toma vacina, sua nota é 10!"

A campanha abarcará três filmes, de 30 segundos cada, que será veiculada a partir de 25 de janeiro nos veículos do consórcio . Ações nas redes sociais da Globo também vão amplificar a mensagem, além de anúncios nos jornais dos veículos do consórcio. 'Vacina Sim' é uma campanha criada em janeiro de 2021 com o objetivo de conscientização da importância da vacina contra a Covid-19, propondo que a população levantasse suas mangas e aderisse à vacinação. Desde então, já foram quatro fases com diferentes destaques, mas sempre sob o mesmo mote: estimular e incentivar a vacinação completa, sem deixar de lado os cuidados para conter a contaminação do vírus.

O consórcio de veículos de imprensa também coleta diariamente as informações oficiais das secretarias de Saúde, o que permite observar o avanço da pandemia. O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a covid-19 no Brasil chegou no domingo, 23, de acordo com a última atualização do consórcio, ao equivalente a 75,86% da população total.