Topo

Viagem

Roteiros internacionais


Glaciares e catedrais de mármore na mítica Carretera Austral, no Chile

Capela de mármore no General Carrera - Mari Campos/UOL
Capela de mármore no General Carrera Imagem: Mari Campos/UOL

Mari Campos

Colaboração para o UOL

19/11/2019 04h00

Cavernas com paredes "marmorizadas" que abrigam um lago de cor turquesa formam uma paisagem de sonho na chamada Patagônia Norte, na região de Aysén, no Chile. Amplamente difundido nas redes sociais, esse cenário é localmente conhecido como Catedral de Mármol ("catedral de mármore" em espanhol) oferece ao turista a natureza em seu estado mais bruto e fascinante.)

É do diminuto Puerto Rio Tranquilo, no lago General Carrera (maior do Chile e o segundo maior da América Latina), que saem os passeios em voadeira para ver as rochas dentro do lago. Apesar de "descobertas" há poucas décadas, foram declaradas Monumento Nacional chileno em 1994. A chamada Catedral é a maior de todas elas, com impressionantes 25 metros de altura.

Mari Campos/UOL
Imagem: Mari Campos/UOL

Uma vez dentro da caverna esculpida do mármore, o guia permite que os turistas toquem o local - diz a lenda local que esse gesto garante encontrar o amor e casamento em um ano. O passeio completo dura entre uma hora e meia e duas horas e vale aproximadamente R$ 65 reais por pessoa.

Mari Campos/UOL
Imagem: Mari Campos/UOL

Trajeto longo vale a pena

Cortada pela Carretera Austral, considerada uma das estradas mais cênicas do mundo, a região que cerca esse cenário fascinante apresenta uma sucessão de belas paisagens, incluindo fiordes, lagos, cachoeiras, fauna e flora exuberante e enormes glaciares. Para chegar lá, é preciso voar a Santiago e de lá a Balmaceda, para então seguir caminho em carro ou moto.

A vista da Carretera Austral - Mari Campos/UOL
A vista da Carretera Austral
Imagem: Mari Campos/UOL

As distâncias são longas e as estradas bastante sinuosas, com vários trechos em rípio - mas as belezas compensam. Apesar de internacionalmente famosa, a estrada tem apenas pouco mais de oito anos com tal extensão - e está em constante processo de melhorias, sendo pouco a pouco asfaltada.

Lago General Carrera - Mari Campos/UOL
Lago General Carrera
Imagem: Mari Campos/UOL

Ao longo da rota, cidades pacatas e charmosas como Coyhaique ou povoados minúsculos como Cerro Castillo são rodeados de cachoeiras, parques naturais (como Aikén do Sur), geleiras (como o Glaciar San Rafael), lagos de tons hipnotizantes de azul e montanhas com os picos perenemente cobertos de neve.

Glaciar San Rafael - Mari Campos/UOL
Glaciar San Rafael
Imagem: Mari Campos/UOL

Merece destaque também a encantadora Caleta Tortel, uma pequena e adorável vila chilena sem ruas ou carros, inteirinha construída sobre passarelas e escadarias de madeira instaladas sobre palafitas.

Mari Campos/UOL
Imagem: Mari Campos/UOL

Situada entre a foz e uma das enseadas do Rio Baker (o maior rio do Chile), Tortel foi inicialmente construída pelos nativos de Chiloé e é também rodeada por ilhas, fiordes e canais. É através de diminutos barquinhos que os moradores locais suprem seus mantimentos, pescam e levam turistas para passear.

Caleta Tortel - Marcelo Rivas/Unsplash
Caleta Tortel
Imagem: Marcelo Rivas/Unsplash

Pacata que só ela, Tortel não tem iluminação pública e, portanto, iluminação noturna por lá só à base de lampiões ou lanternas.

Roteiros internacionais