Topo

Viagem

Roteiros culturais


Lugar único: esta igreja abriga partes do corpo de mais de 20 papas

A Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi fica ao lado da famosa Fontana di Trevi, em Roma - membio/Getty Images/iStockphoto
A Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi fica ao lado da famosa Fontana di Trevi, em Roma Imagem: membio/Getty Images/iStockphoto

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

27/06/2019 04h00

Com sua estrutura artística e colossal, com mais de 25 metros de altura, a Fontana di Trevi é um dos destinos turísticos mais populares de Roma, recebendo a visita de milhares de pessoas por dia.

Poucos viajantes que passam por este cartão-postal, entretanto, notam uma igreja que existe junto à praça onde se localiza a fonte.

O precórdio dos papas fica no interior da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi - peizais/Getty Images
O precórdio dos papas fica no interior da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi
Imagem: peizais/Getty Images

Trata-se da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi, que se destaca no universo quase infinito de templos cristãos da capital italiana por causa de um fato inusitado: lá dentro está o precórdio (parte interna do corpo que fica acima do estômago ou do coração) de mais de 20 papas.

São restos mortais que pertenceram a pontífices como Sisto 5º e Leão 13º, e que, hoje, se encontram guardados em urnas no interior do templo.

A razão para isso?

Durante muitos séculos, o precórdio dos papas era removido logo após sua morte, para retardar o processo de decomposição do corpo e permitir a preparação e a realização de cerimônias fúnebres mais longas para os falecidos.

Fachada da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi, na capital italiana - membio/Getty Images/iStockphoto
Fachada da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi, na capital italiana
Imagem: membio/Getty Images/iStockphoto

A igreja, então, colocava as partes corporais extraídas dos papas na Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi.

Esta prática começou com o papa Sisto 5º, no final do século 16, mas foi abolida no começo do século 20, durante a época do papa Pio 10º.

A igreja romana também exibe lindas obras de arte religiosas - wjarek/Getty Images
A igreja romana também exibe lindas obras de arte religiosas
Imagem: wjarek/Getty Images

É possível ver o espaço no qual estão as urnas no lado direito da abside da igreja romana.

Lápides de mármore indicam os nomes dos papas cujas partes internas se encontram neste lugar.

Mais do que corações
E a Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi tem mais a mostrar.

Em Roma, ao realizar o inevitável passeio pela quase sempre lotada área da Fontana di Trevi, repare na bela fachada deste templo cristão, que exibe características barrocas e o brasão do cardeal Giulio Mazzarino, que comandou a construção do templo.

Vista da Fontana di Trevi desde a área que fica na frente da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio - Marina79/Getty Images/iStockphoto
Vista da Fontana di Trevi desde a área que fica na frente da Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio
Imagem: Marina79/Getty Images/iStockphoto

Lá dentro, vale a pena observar o afresco que mostra os santos Vicente e Anastácio (que batizam a igreja), assinado pelo artista Francesco Pascucci, além de esculturas sacras feitas em mármore.

Além disso, a Chiesa dei Santi Vincenzo e Anastasio a Trevi fica perto (a aproximadamente 10 minutos de caminhada) de outra igreja romana lindíssima: a Chiesa della Trinità dei Monti, que oferece uma vista fantástica para a Piazza di Spagna, um dos principais cartões-postais da capital italiana.

Mais Roteiros culturais