PUBLICIDADE

Topo

HBO produz documentário sobre perseguição a LGBTs na Chechênia

"Welcome to Chechnya" estreia no dia 30 de junho nos Estados Unidos  - Divulgação
"Welcome to Chechnya" estreia no dia 30 de junho nos Estados Unidos Imagem: Divulgação

De Universa, em São Paulo

21/05/2020 18h33

A HBO lançou hoje o trailer em inglês do documentário "Welcome To Chechnya" ("Bem Vindo à Chechênia"), sobre a perseguição a pessoas LGBT na região. O filme estreia no dia 30 de junho nos Estados Unidos:

O documentário acompanha ativistas que resgatam e abrigam as vítimas de sequestro e tortura. O grupo tenta obter vistos para que eles possam escapar da perseguição — que, por vezes, acaba em execução.

Para preservar a identidade dos envolvidos, o diretor David France (indicado ao Oscar em 2013 por "How To Survive a Plague") optou por usar a tecnologia "deep fake" para substituir seus rostos.

O trailer mostra o presidente da Chechênia, Ramzan Kadyrov, sendo questionado sobre as supostas atrocidades que acontecem com pessoas LGBT no país. Em resposta, ele ri: "Isso não faz sentido. Não temos pessoas assim aqui."

Em 2017, o jornal russo Novaya Gazeta denunciou que ao menos 100 homens gays foram detidos em locais comparáveis a campos de concentração. Autoridades do país já anunciaram que familiares devem matar seus próprios parentes LGBT — se não o fizerem, o governo fará.

De acordo com a HBO, o documentário pretende "expor as atrocidades subnotificadas na Chechênia, enquanto destava um grupo de pessoas que estão confrontando a brutalidade."

O documentário foi exibido no Festival de Sundance 2020 e tem 100% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Diversidade