Topo

Revista faz primeira capa com pessoa de terceiro gênero de origem indígena

De Universa, em São Paulo

27/11/2019 18h41

Em dezembro, as edições britânica e mexicana da revista "Vogue" trarão pela primeira vez na capa, em 120 anos de publicação, uma pessoa do terceiro gênero e de origem indígena.

Estrella Vazquez é muxe, um terceiro gênero culturalmente original das comunidades de Juchitan, Oaxaca, no sul do México. Segundo o "The Guardian", os muxes "se identificam como mulheres transexuais que misturam identidades masculinas e femininas gays".

A foto da capa mostra Estrella, de 37 anos, vestindo uma roupa tradicional de huipil com flores coloridas e segurando um leque rosa em uma de suas mãos.

"Eu considero [estar na capa da Vogue] um grande passo. Ainda existe discriminação, não tanto quanto antes, mas ainda está presente", opinou sobre o convívio na cidade de Juchitan.

Em agosto, Vazquez, que nunca tinha ouvido falar da Vogue, recebeu o convite da revista para participar de uma sessão de fotos com o intuito de destacar as culturas indígenas de Oaxaca. A publicação terá ainda outras personalidades para a reportagem principal.

"Todo mundo está vendo essa capa, todo mundo está me parabenizando. Eu não sei; é difícil entender as emoções que estou sentindo. Quase me dá vontade de chorar", comentou.

Os muxes vivem nas áreas metropolitanas no sul do México. A linguagem zapotecam, usada entre eles na comunidade, é completamente neutra em termos de gênero, ou seja, não faz associação de pessoas, objetos ou ações com pronomes de gênero masculino ou feminino.

Diversidade