Topo

Diversidade


Bandeira do arco-íris de bar LGBT em NY é queimada pela 2ª vez em um mês

Polícia considera incidente como crime de ódio contra a população LGBT - Reprodução/Attitude
Polícia considera incidente como crime de ódio contra a população LGBT Imagem: Reprodução/Attitude

De Universa

08/07/2019 13h36

O dono de um bar voltado ao público LGBT em Nova York chamou a polícia após as bandeiras do arco-íris que ficam ao lado de fora do espaço terem sido queimadas pela segunda vez em menos de um mês.

De acordo com o Daily Mail, o dono do Alibi Lounge, Alexi Minko, relatou que as bandeiras foram queimadas por volta das 12h20 e das 12h45 desta segunda-feira (8). A polícia já está investigando o vandalismo como um possível crime de ódio contra a população LGBT.

"Eu acho estranho o timing dos dois eventos", disse Minko. "Na primeira vez, estávamos no começo do mês do orgulho LGBT e, na segunda, no fim. É preciso investigar se os criminosos querem enviar algum tipo de mensagem".

Minko disse à Associated Press que um funcionário do bar teve que remover as bandeiras da entrada do bar em 4 de julho porque as pessoas na rua "estavam intencionalmente soltando fogos de artifício" na porta da frente. Nenhum suspeito foi identificado até o momento.