PUBLICIDADE
Topo

Teorias: e se aliens forem humanos viajando do futuro? Ou seres invisíveis?

Supostos Óvnis podem ser viajantes do futuro estudando a humanidade? - Reprodução
Supostos Óvnis podem ser viajantes do futuro estudando a humanidade? Imagem: Reprodução

Raphael Evangelista

Colaboração para Tilt

29/01/2020 04h00

Sem tempo, irmão

  • Teorias apontam para outras explicações para OVNIs e seres alienígenas
  • OVNIs poderiam ser pilotados por humanos viajando no tempo
  • Pessoas ?abduzidas? talvez sejam futuros cientistas voltando para obter informações.
  • Pode ser também que já existam alienígenas invisíveis vivendo entre nós.
  • Formação deles pode ser de alguma matéria que ainda não compreendemos

A fascinação do ser humano pela existência (ou não) de seres de outros planetas aqui na Terra é bastante conhecida. Quase todo ano surge nos cinemas uma história sobre alienígenas que intriga as pessoas e faz muito sucesso, assim como vira e mexe nos deparamos com vídeos que colocam dúvidas em nossas cabeças sobre supostos OVNIs sobrevoando o céu do nosso planeta.

Esteja você do lado dos que acreditam, do lado dos que não acreditam ou do lado dos que querem acreditar (alô, Arquivo X!), saiba que a ciência evolui em teorias que pretendem confirmar a existência de vidas desconhecidas inteligentes em nosso planeta.

Viajantes no tempo

Uma dessas teorias é do professor Michael Masters, professor de antropologia biológica na Universidade Tecnológica de Montana (EUA), que em um livro recentemente lançado sugere que os cientistas olhem com mais carinho para uma ideia que é aparentemente bizarra: talvez não sejam seres de outros planetas que estão pilotando OVNIs, mas humanos que viajam no tempo. Meio 'Dark', sabe?

"Sabemos que estamos aqui. Sabemos que os seres humanos existem. Sabemos que tivemos uma longa história evolutiva neste planeta. E sabemos que nossa tecnologia será mais avançada no futuro. Eu acho que a explicação mais simples, por natureza, é que somos nós (os OVNIs)", disse ele em uma entrevista.

O professor Masters não é o primeiro a divulgar essa teoria, mas em seu novo livro "Identified Flying Objects: A Multidisciplinary Scientific Approach to the UFO Phenomenon" ("Objetos Voadores Identificados: Uma Abordagem Científica Multidisciplinar ao Fenômeno OVNI", em tradução livre), ele defende a ideia baseado em sua experiência com antropologia.

Segundo ele, se os futuros cientistas tivessem a oportunidade de voltar no tempo para estudar a humanidade atualmente em vez de aprender com objetos antigos, poderia ser difícil deixar passar essa oportunidade. "As supostas abduções são principalmente de natureza científica", disse Masters.

Provavelmente são futuros antropólogos, historiadores, linguistas que estão voltando para obter informações de uma maneira que atualmente não conseguimos por falta de acesso a essa tecnologia
Michael Masters, professor de antropologia biológica na Universidade Tecnológica de Montana (EUA)

Masters vê a viagem no tempo não apenas como algo exclusivo da ciência: ele acredita que também pode ser uma grande indústria turística no futuro. "Sem dúvida, no futuro, existirão aqueles que pagarão muito dinheiro para ter a oportunidade de voltar e observar seu período favorito na história. Alguns dos locais turísticos mais populares são as pirâmides de Gizé e Machu Picchu, locais antigos e pré-históricos."

Alienígenas invisíveis?

A segunda teoria é baseada no que disse a astronauta britânica Helen Sharman, que em uma entrevista recente, apontou que aliens existem e podem estar entre nós, compostos de uma matéria que não conseguimos distinguir.

"Eles existem, não há dúvidas sobre isso. Existem bilhões de estrelas no universo e deve haver todos os tipos de formas de vida diferentes dentro dele. Serão eles, como você e eu, feitos de carbono e nitrogênio? Talvez não. É possível inclusive que eles estejam entre nós nesse momento e não seja possível vê-los".

Quem concordou com essa ideia foi Samantha Rolfe, astrobióloga e diretora técnica do Observatório de Bayfordbury, no Reino Unido, que em um ensaio publicado recentemente acabou respondendo positivamente ao que disse a astronauta. Segundo ela, caso a teoria de Sherman esteja correta, os alienígenas vivem entre nós em uma espécie de "biosfera das sombras" microscópica.

"Não quero dizer que seja um reino fantasma, mas criaturas não descobertas provavelmente com uma bioquímica diferente. Isso significa que não podemos estudá-las e nem notá-las porque estão fora da nossa compreensão", disse.

A teoria de Rolfe sugere que essas criaturas invisíveis podem ter uma formação biológica diferente da que estamos habituados, em carbono, sendo criaturas constituídas de silício.

De acordo com a publicação de Samantha Rolfe, muitos pesquisadores estão empenhados em estudar essas bioquímicas diferentes, e desenvolver formas de convencer células vivas a se ligarem ao silício. Se for possível dar vida ao silício aqui na Terra, existe a chance de que outras formas de vida podem ter evoluído naturalmente em outros lugares do universo.

"Nós temos evidências de que moléculas baseadas em carbono formadoras de vida chegaram à Terra em meteoritos", escreveu ela, "Portanto as evidências certamente não descartam a mesma possibilidade para formas de vida mais desconhecidas".

Será que você já topou com algum alienígena e nem se deu conta?

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Ficção científica?