PUBLICIDADE
Topo

Objetos desconhecidos são encontrados orbitando buraco negro da Via Láctea

Sagittarius A* - NASA
Sagittarius A* Imagem: NASA

De Tilt, em São Paulo

27/01/2020 13h53

Pesquisadores encontraram seis objetos orbitando o Sagittarius A*, buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea.

Em um estudo publicado na revista Science, os astrônomos disseram que as descobertas são "diferentes de tudo na galáxia" e se diferenciam por não se comportarem como nuvens de gás — como a maioria dos objetos que orbitam, aos quais esses se assemelham.

Todos eles receberam uma nova classificação, chamados de "G" e diferenciados por números na sequência que formam, de G1 a G6.

Segundo Andre Ghez, física e astrônoma da Universidade da Califórnia, nos EUA, embora se pareçam com nuvens, esses objetos se comportam como estrelas, o que chamou a atenção no estudo.

"Fusões de estrelas podem estar acontecendo no Universo mais frequentemente do que pensávamos, e provavelmente são bastante comuns", disse Andre Ghez, que desenvolve a teoria de que esses objetos desconhecidos sejam fusões de estrelas binárias.

Histórico

Dentre os seis objetos, o G1 e G2 foram encontrados há cerca de duas décadas. Em 2014, quando estudados, esses chamaram a atenção pelo seu comportamento ao se aproximarem do buraco negro.

Ao contrário do que os pesquisadores esperavam, o G2, ao se aproximar do Sagittarius A*, continuou a orbitar o buraco negro. Foi a partir dessa informação que os estudiosos chegaram à conclusão de que não se tratava de uma nuvem de gás, já que ela não sobreviveria a essa proximidade.

A surpresa foi ainda maior quando percebeu-se que o G2, além de sobreviver, se alongou e seu gás foi dilacerado, produzindo ainda emissões luminosas.

O mesmo aconteceu, posteriormente, com o G1.

Astronomia