Topo

Coluna

Pergunta pro Jokura


Quais são os efeitos sonoros mais famosos do cinema e da TV?

O som dos sabres de luz de "Star Wars" é icônico, mas você sabe a origem dele? - Divulgação
O som dos sabres de luz de "Star Wars" é icônico, mas você sabe a origem dele? Imagem: Divulgação
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa ? na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL. Mande sua pergunta cabeluda que ele faz questão de pentear.

02/09/2019 04h00

Pergunta de Jorge Florêncio, de São Paulo (SP)

Escuta aqui, Jorgito: a lista é comprida e começa antes mesmo do surgimento da TV, que rolou lá pelos anos 1950 - ainda na era do rádio, já havia risadas "enlatadas", gravadas para serem inseridas em programas e induzir o humor dos ouvintes.

Essa tradição foi transmitida para seriados de TV gravados em auditório, com plateia, nos EUA. Como as sitcoms pioneiras eram gravadas com apenas uma câmera, era preciso fazer várias tomadas diferentes da mesma cena, mudando a posição da câmera solitária. Nesse vaivém, a reação da plateia nem sempre correspondia ao que os produtores desejavam - seja pelas risadas exageradas seja por não demonstrar empolgação diante de uma cena regravada pela enésima vez.

Foi aí que entrou em cena o engenheiro de som Charley Douglass, do canal CBS. Ele criou - e monopolizou - o mercado de risadas enlatadas na TV americana. Do fim dos anos 1950 ao começo dos anos 1970, era Charley quem preenchia as brechas de silêncio (marcadas pelos roteiristas e reservadas para risos) de praticamente todos os seriados. A produção em série de trilhas sonoras de risadas ficou tão elaborada que Charley criou uma máquina, a laff box ("caixa de risadas", em português), um mix de realejo com máquina de escrever com órgão de tubos.

A "caixa mágica" continha fitas com risadas gravadas que Charley acionava em sequência apertando as teclas e usando um pedal para controlar a duração delas - ficava um pouco repetitivo, mas era o que a tecnologia permitia à época. Quando se aventurou a vender suas trilhas para desenhos animados, o monopólio começou a ruir.

Como esse mercado tinha orçamentos mais modestos do que o dos programas de TV gravados em estúdio, produtoras como a Hanna Barbera decidiram gravar suas próprias trilhas de risadas. Em pouco tempo, Charley e sua caixa foram ficando obsoletos - dos anos 2000 para cá, até as risadas enlatadas já saíram de moda nas comédias de TV, convenhamos.

Bom, mas nem só de risadas vivem os efeitos sonoros mais famosos da TV e do cinema pelos quais você pergunta, né, Jorge?

A seguir vou listar seis deles. Alguns icônicos, outros quase anônimos - daqueles que você já cansou de ouvir em um monte de filmes e seriados diferentes, mas nunca percebeu e talvez nem soubesse que tinham nome -, para você ouvir sempre que quiser.

Sabre de luz

A Força certamente estava com o designer de som Ben Burtt quando ele criou o efeito sonoro mais emblemático da maior franquia do cinema - a partir de uma gambiarra! Burtt conta que misturou o som de "hmmmm" feito por um antigo projetor de filme com o zumbido de uma TV velha que foi gravado acidentalmente - Burtt estava carregando um microfone que passou por trás do tubo de um televisor no chão do estúdio.

De acordo com o pai da criança, o efeito foi o primeiro de todos criados para a saga Star Wars - furando a fila das vozes de Chewbacca e R2-D2, que eram as tarefas prioritárias na lista de Burtt. Para refinar o efeito e criar a sensação de movimento do sabre, Burtt reproduziu o som em um alto falante e gravou com um microfone se aproximando e se afastando da caixa.

Wilhelm scream

O primeiro efeito "anônimo" da lista estreou em 1951, no filme Distant Drums, e costuma entrar em cena quando um personagem cai de um lugar alto, é atingido por uma explosão ou tem qualquer outro tipo de morte dramática que justifique esse gritinho estridente.

De lá para cá, o Wilhelm scream virou um tipo até de piada interna da indústria do cinema e já estrelou quase 300 filmes, incluindo sucessos como "Guerra Infinita", "Alladin", "Bastardos Inglórios", "Avatar" e "Titanic", - além de franquias como "Star Wars", "Toy Story", "Indiana Jones" e "Máquina Mortífera". Ah, ele também aparece em "Game of Thrones", "La Casa de Papel", "Lost" e "Dexter", entre outros seriados de TV.

Obs.: outro grito (menos) famoso é o Howie scream, que estreou no cinema em "The Ninth Configuration" (1980). O nome do efeito, contudo, é uma homenagem ao ator Howie Long no filme "A Última Ameaça" (1996).

Garras do Wolverine

O designer de som Craig Berkey descreveu assim: "usei o som de uma faca sendo retirada de uma bainha e misturei com o som de uma carcaça de frango ou de peru sendo rasgada". Seco e furioso como Logan...

Castle thunder

O efeito mais antigo desta lista vem de 1931, utilizado originalmente em Frankenstein, olha só. O barulho de trovão rodou por animações da Hanna Barbera, incluindo o seriado original do Scooby Doo, filmes antigos da Disney (Bambi), episódios de Snoopy para TV, e clássicos do cinema como "Cidadão Kane" e "De Volta para o Futuro" e "Star Wars" (sempre ele). Hoje em dia, o som original do trovão de Frankenstein não é mais usado pela indústria - foi substituído por gravações digitais.

BRAAAM! (ou BWAAA! ou BWOOONG!)

O grande legado sonoro de "A Origem" (Inception) virou o queridinho dos trailers de filme. Um batidão para causar medo, terror, impacto e chamar a atenção do espectador. Está em teasers de "Transformers", "Vingadores", "Interestelar" e vários outros (se alguém encontrar em "Star Wars" também, deixe nos comentários, por favor)...

Diddy laughs

Esse nasceu nos videogames. As risadinhas de criança eram parte da tela de abertura do "Diddy Kong Racing" (1997), da Rare. A partir daí, viraram padrão para comerciais de televisão com crianças e ganharam as telinhas e telonas em produções como "The Walking Dead", "A Identidade Bourne", "Mulan", "Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D", "Universidade Monstros", "Sherlock" (BBC) e, (adivinhe!) "Star Wars" - até na abertura das Olimpíadas de Londres (2012) o efeito apareceu (hahaha)...

Tem uma pergunta? Deixe nos comentários!

Pergunta pro Jokura