PUBLICIDADE

Topo

Coronavírus: Casos no Brasil ultrapassam número de Pokémon na 'PokéCorona'

Pikachu doente - Reprodução
Pikachu doente Imagem: Reprodução

Do START, em São Paulo

20/03/2020 19h03

O aumento dos casos da doença causada pelo novo coronavírus no Brasil causou a interrupção de diversos serviços no país. Nem a zoeira ficou intacta: com a confirmação de 904 casos oficiais pelo Ministério da Saúde, a conta PokéCorona precisou encontrar outra forma de divertir os brasileiros no Twitter.

A conta foi criada no começo de março, e atualizava o número de casos no país usando a numeração oficial dos Pokémon. Por exemplo, quando foi confirmado o 811º brasileiro infectado, o perfil postou um GIF do Thwackey:

Como o número de Pokémon gira em torno de 890, os seguidores se perguntavam o que aconteceria quando a quantidade de casos ultrapassasse esse número. Hoje, esse dia chegou:

As hipóteses sobre o que aconteceria eram muitas: o perfil passaria a somar dois Pokémon? Repetiria a conta com os shinies? Usaria as Pokéfusões?

Felizmente, os administradores do perfil já haviam se planejado para a possibilidade. E explicaram sua solução ontem, antes mesmo da Pokédex se esgotar: agora, vão passar a analisar critérios específicos do número oficial de casos no Brasil.

Os fãs do perfil podem ficar tranquilos sabendo que têm mais uma atividade para a quarentena: acompanhar a página para se manterem atualizados sobre a pandemia com Pokémon.