PUBLICIDADE

Topo

Senado quer discutir se games violentos influenciam jovens

Geraldo Magela/Agência Senado
Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

Do GameHall

29/03/2019 15h10

O Senado Federal anunciou que fará uma audiência pública sobre o possível impacto, no comportamento infanto-juvenil, de jogos eletrônicos violentos.

O requerimento foi protocolado pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE) e aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

O debate sobre o tema se reacendeu após o ataque de dois atiradores a uma escola de Suzano, São Paulo, no último dia 13, onde oito pessoas da escola foram mortos, além dos próprios atiradores.

"É uma epidemia o que está acontecendo. Nós tivemos aquela tragédia na escola em Suzano, onde a gente viu um pouco do impacto que isso [os games] causa", comentou o senador.

"É um efeito potencializador, é a cultura da violência em ação. Isso movimenta bilhões de dólares e esses jogos não têm controle, não têm regulamentação em relação à compra e idade para utilização", disse ainda.

Na página oficial do Senado no Twitter há uma enquete que pergunta se os jogos influenciam comportamentos violentos. A votação segue pelos próximos seis dias e até o momento o índice é de 82% que votaram em "NÃO influenciam", de mais de 7.800 votos.

Além disso, vários internautas estão criticando a medida nos comentários, afirmando que os videogames não são o problema e sim famílias desestruturadas que influenciam no crescimento e comportamento dos jovens.