PUBLICIDADE

Topo

Olho no lance: como os games marcaram presença na Copa do Mundo

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

13/07/2018 04h00

A Copa do Mundo chega ao fim nesse domingo, uma tristeza para os fanáticos pelo futebol e torcedores casuais que se envolvem com o maior evento esportivo do planeta. Aqui no UOL Jogos, acompanhamos o evento de perto e registramos todas as vezes que os games marcaram presença na competição – fizemos até lives do modo do Mundial no “FIFA 18” no nosso canal de YouTube de todas as oitavas de final e quartas de final.

Só que o game de futebol mais popular do momento não teve impacto dentro de campo no Mundial. Os jogos que se destacaram foram outros, que nada tinham a ver com empurrar a pelota para o fundos das redes. Com isso em mente, lembramos todas as ocasiões que os videogames chamaram a atenção na Rússia. Confira:

VEJA TAMBÉM

Brasil se inspira em Counter Strike

Muita gente achou que era uma referência a Chaves, mas a comemoração do primeiro gol do Brasil contra o México, em jogo das quartas de final, foi inspirada por “Counter Strike: Global Offensive”. Autor do gol, Neymar é viciado no game, tendo centenas de horas registradas nele na Steam, coordenou as ações na comemoração com Willian, Gabriel Jesus, Philippe Coutinho e Casemiro.

A festa não acabou com o apito final. Um dia depois da vitória, o quinteto brasileiro se reuniu online para jogar umas partidas na concentração. Pelo Instagram, Neymar registrou a equipe jogando em conjunto. Uma pena que isso não se repetiu nas quartas de final, quando o Brasil foi eliminado pela Bélgica.

Griezmann, o maior garoto propaganda de Fortnite

Quem acompanha o Atlético de Madri sabe que o atacante Antoine Griezmann tem sua comemoração registrada oriunda de “Fortnite”. O jogador francês fez a dancinha do emote “Take de L” várias vezes ao longo da temporada do futebol europeu, inclusive na final da Liga Europa.

Na Copa do Mundo, o camisa 7 esperou o jogo contra a Argentina para soltar o corpo depois de fazer um gol. Ele marcou o primeiro da partida de pênalti e tirou sarro na hora da comemoração. O jogo parecia que ia ser tranquilo para a França, que acabou levando sustos e avançando com uma vitória por 4 a 3.

Passatempo não só da França

Não são só os franceses que curtem “Fortnite”. Principal jogador da seleção inglesa, o artilheiro Harry Kane disse em uma entrevista à BBC que o jogo da Epic Games é seu passatempo preferido nos horários de folga.

E ele não é o único do time que curte o jogo do gênero Battle Royale. O próprio Kane contou isso na mesma entrevista em que se declarou como um fã do game. Fora o artilheiro, os meio-campistas Dele Alli e Jesse Lingard também se divertem com o jogo do momento.

O meio-campista do Manchester United chegou até a fazer a “Shoot Dance” depois de fazer um golaço contra o Panamá, ainda na fase de grupos.

Com toda essa molecada ligada nos games, a próxima temporada do futebol europeu promete.

Bônus

Neymar virou piada na Rússia, com todas as encenações que protagonizou dentro de campo nos jogos da seleção brasileira. Embora ele tenha feito dois gols, mais assistências, o atacante do PSG se destacou mais pelos rolamentos sobre o gramado.

Por causa disso, já surgiu um game protagonizado pelo brasileiro, no qual a meta é se manter de pé. O joguinho obviamente não é oficial, mas faz alusão escancarada ao camisa 10. "Neyboy Challenge" pode ser jogado no navegador do computador ou celular.

Conheça a história da franquia "FIFA"