PUBLICIDADE

Topo

Google estaria planejando plataforma para competir com PlayStation e Xbox

Google - Reprodução
Google
Imagem: Reprodução

Do GameHall

28/06/2018 18h52

Pode ser que em breve PlayStation  e Xbox ganhem um concorrente de peso: o Google De acordo com o site "Kotaku", cinco fontes diferentes foram informadas sobre os planos da gigante das buscas a respeito disso.

A abordagem envolveria alguma espécie de plataforma de streaming, algum tipo de hardware e uma tentativa em trazer desenvolvedoras para o Google, seja por meio de aquisições ou "recrutamento agressivo".

VEJA TAMBÉM

Segundo estas fontes, em março durante a Game Developers Conference, representantes do Google se encontraram com diversas empresas de grande porte do setor para avaliar o interesse na sua plataforma streaming, cujo codinome seria Yeti. O Google também teria realizado reuniões há algumas semanas na E3 em Los Angeles, maior evento da indústria de videogames.

Conforme explicado pelo Kotaku, essa plataforma atuaria de forma similar ao GeForce Now da Nvidia, permitindo que as pessoas possam jogar os jogos por meio de streaming sem a necessidade de terem uma máquina robusta, de modo que qualquer computador consiga rodar os títulos mais atuais. Uma das fontes familiares com o projeto, o descreveu como "jogar The Witcher 3 dentro de uma aba do Google Chrome".

Liam Robertson, um respeitado insider da indústria, fez uma postagem no Twitter na qual deu a entender que o console de jogos do Google, como ele o chamou, é real e ele falará mais a respeito disso em breve.

Em complemento a isso, o Kotaku disse que ainda não sabe se o Google está visando competir com as especificações técnicas dos próximos PlayStation e Xbox ou se esse console será mais barato, dependendo do streaming para rodar os jogos.

O site também afirma que conversou com alguns desenvolvedores que ouviram a respeito do projeto, que disseram estar céticos quanto a isso, devido ao histórico do Google em começar e abandonar suas iniciativas, juntamente com a ausência de uma infraestrutura de internet adequada em boa parte da área rural dos Estados Unidos, o que dificultaria para pessoas nesses locais jogar por meio do streaming.

Será mesmo que o Google está desenvolvendo uma plataforma voltada exclusivamente para jogos? Isso ainda não sabemos, mas em janeiro deste ano, o executivo veterano da indústria, Phil Harrison, que trabalhou na gestão tanto do PlayStation quanto do Xbox, foi contratado pelo Google. Isso, mais o fato de que a empresa vem contratando vários profissionais experientes da área, de companhias como Electronic Arts e Sony, dão a entender que o Google está realmente investindo em algo relacionado com videogames.