Topo

Incrível! Hacker consegue emular "Super Mario World" de SNES no Nintendinho

Super Mario World rodando no Nintendinho - Reprodução
Super Mario World rodando no Nintendinho
Imagem: Reprodução

Do GameHall

31/05/2018 09h00

O hacker norte-americano e cientista da computação, Tom Murphy, desenvolveu um projeto bastante inusitado, no qual consegue rodar um emulador de Super Nintendo em um Nintendinho.

Para realizar a façanha de permitir que o videogame 16-bits funcionasse em um console 8-bits como o NES, ele fez uso de algo chamado "emulação reversa", onde um hardware antigo é utilizado para simular um hardware mais novo.

VEJA TAMBÉM

Conforme mostrado em seu canal no YouTube, Murphy hackeou um cartucho comum de NES e inseriu nele um Raspberry Pi 3, que se trata de um pequeno computador com processador Quad Core de 1,2 GHz e 1 GB de RAM, que dá ao videogame mais poder de processamento do que ele possui de fábrica.

Depois de muito trabalho, Murphy inseriu no cartucho o clássico jogo "Super Mario World", de SNES, e conseguiu jogá-lo no Nintendinho. Embora o game apresente diversas limitações visuais, técnicas e ausência de áudio ao ser jogado desta maneira, ele roda sem nenhum travamento.

As cores apresentadas diferem daquelas vistas no Super Nintendo, há vários defeitos gráficos visíveis na tela e pelo fato do controle de NES ser muito mais simples, só é possível correr e dar o pulo giratório de Mario no game.

Você pode conferir abaixo um vídeo onde Murphy demonstra "Super Mario World" sendo jogado no NES (17:01 em diante) e outro vídeo um pouco mais longo no qual é detalhadamente explicado como fazer a emulação reversa do console.

Mais Start