PUBLICIDADE

Topo

Idoso de 74 anos lamenta fim de RPG online: "Vou perder contato com amigos"

Julien pode ser chamado de jogador "hardcore": utiliza três monitores e já criou 80 personagens em "Asheron"s Call" - Reprodução
Julien pode ser chamado de jogador "hardcore": utiliza três monitores e já criou 80 personagens em "Asheron's Call" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

20/01/2017 12h36

Lançado em novembro de 1999, o MMORPG "Asheron's Call" permaneceu online nos últimos 17 anos. Isso até o final do ano passado, quando a desenvolvedora Turbine anunciou que os servidores do game seriam encerrados no final de janeiro. Obviamente que a notícia abalou quem ainda joga esse game - tradicionalmente, MMORPGs costumam ter um público bastante fiel -, mas um caso chamou bastante atenção.

Um senhor de 74 anos, que se identificou apenas por Julien, foi personagem de um vídeo gravado por sua neta onde ele conta sua frustração pelo fim de "Asheron's Call". 

Asheron's Call - Reprodução - Reprodução
Game lançado em 1999 deverá ter seus servidores desligados no final de janeiro
Imagem: Reprodução

Em cerca de dez dias, o vídeo já superou a marca de 1 milhão de visualizações no YouTube. Nele, Julien aparece em seu computador (com direito a três monitores) e mostra alguns dos seus personagens. Ele jogou o game com frequência nos últimos 15 anos, tendo criado 80 personagens - com um deles, ele chega a acumular três meses de jogo

Engana-se, porém, que Julien está preocupado em perder as horas investidas ou os itens conquistados. Após o vídeo ficar famoso ele foi entrevistado pelo site Waypoint, para o qual disse o que mais teme com o fim do jogo: "Vou perder contato com meus bons amigos".

"Eu adoro encontrar pessoas. Amo conversar com amigos e isso é o que mais me empolga na vida: ter amigos e poder falar com eles. E isso é algo que o jogo me deu". Um desses amigos com quem Julien jogava com frequência, porém, foi o responsável por um triste momento.

"Estávamos jogando e no meio de uma missão, o cachorro dele começou a latir. Ele teve um ataque cardíaco e morreu enquanto jogava conosco". Julien e seus companheiros, então, descobriram o endereço da esposa do amigo falecido e gravaram um vídeo dentro do game em sua homenagem, mandando para a viúva como recordação.

Julien - vovô do Asheron's Call - Reprodução - Reprodução
Com o fim do game, Julien teme perder mais do que personagens e itens: "Não terei mais contato com bons amigos"
Imagem: Reprodução

Julien acredita que a decisão da Warner, responsável por publicar o jogo, seja uma questão de corte de custos. "O mundo inteiro gira ao redor de dólares. Eu fico triste porque amamos o jogo e amamos estar entre amigos. E eles [a Warner] não quer colaborar, mesmo com os jogadores dispostos a pagar para manter o jogo".

Inicialmente, a ideia da Warner era manter o jogo em funcionamento, porém sem suporte. Isso, porém, não deverá acontecer no final das contas. Perguntado se pretendia jogar o game pelo resto de sua vida, Julien confirma sem hesitar: "Eu esperava que sim".