PUBLICIDADE

Topo

Após baixas vendas, Capcom admite falta de conteúdo em "Street Fighter V"

Do UOL, em São Paulo

12/05/2016 11h23

Após revelar que "Street Fighter V" teve um número de vendas abaixo do esperado desde seu lançamento, o CEO da Capcom, Kenzo Tsujimoto, admitiu que o jogo foi lançado de forma incompleta.

Durante uma conferência com investidores, Tsujimoto disse que a empresa aprendeu que "é melhor gastar um pouco mais de tempo ao desenvolver e lançar um título de alta qualidade que tenha uma boa performance global".

"Alguns aspectos de 'Street Fighter V' precisavam de mais polimento, como a falta de conteúdo e problemas de servidor no lançamento", disse. "Com isto, achamos que é melhor dar um pouco mais de tempo de desenvolvimento do que antes, e fizemos pequenos ajustes a nosso portfólio".

Em seu lançamento, "Street Fighter V" não incluiu diversos elementos típicos de jogos de luta, incluindo um Modo História, que deverá ser disponibilizado em uma atualização gratuita em junho.

A falta de conteúdo foi fonte de críticas de fãs, e no fim das contas o game vendeu cerca de 1,4 milhão de cópias desde 16 de fevereiro - abaixo das estimativas da empresa, de 2 milhões de unidades.

"Street Fighter V" está disponível para PC e PS4.