PUBLICIDADE

Topo

Alma nômade: David Bowie já estrelou jogo de estúdio de "Heavy Rain"

David Bowie como Boz, um de seus dois personagens de "Omikron: The Nomad Soul" - Divulgação
David Bowie como Boz, um de seus dois personagens de "Omikron: The Nomad Soul" Imagem: Divulgação

Victor Ferreira

Do Gamehall, em São Paulo

11/01/2016 12h26

Fãs de música acordaram em choque nesta segunda (11) com o anúncio do falecimento do lendário astro de rock David Bowie, poucos dias após seu aniversário de 69 anos e o lançamento de seu último álbum, "Blackstar".

O impacto de Bowie na cultura pop é inegável, desde sua influência no mundo da música com álbuns como "Ziggy Stardust and the Spiders from Mars" e "Station to Station", até seus papeis em filmes como "O Homem que Caiu na Terra", "Fome de Viver", "Labirinto" e "O Grande Truque".

O que nem todo mundo pode saber é que esta presença também se estende ao mundo dos games.

Lançado em 2001 para PC e Dreamcast, "Omikron: The Nomad Soul" é o bizarro primeiro jogo do estúdio Quantic Dream, que mais tarde veio a ganhar fama com "Heavy Rain" e "Beyond: Two Souls". Situado em uma cidade futurista, o game mistura elementos de quebra-cabeça, tiro e até mecânicas de luta enquanto o jogador investiga uma misteriosa onda de assassinatos.

O jogo traz também a presença direta de David Bowie, que além de ajudar no seu design e narrativa, também interpretou dois personagens diferentes: Boz, uma entidade eletrônica procurada por autoridades de Omikron; e o líder da banda "The Dreamers", que organiza concertos ilegais no submundo da cidade.

O artista não parou por aí, sendo também responsável por diversas músicas compostas especificamente para o jogo, que foram eventualmente retrabalhadas e lançadas no álbum "Hours".

Infelizmente, o jogo não foi bem recebido pela crítica e público, e ficou por anos no limbo até ser relançado em 2013 na loja digital Steam, na qual é vendido por R$ 17.

Após isso, David Bowie nunca mais fez uma contribuição direta para o mundo dos games, mas seu trabalho foi reconhecido e utilizado em diversos jogos: a Harmonix inclui suas músicas no repertório de "Rock Band" e "Amplitude", e a Remedy fechou o jogo "Alan Wake" com seu primeiro grande sucesso, "Space Oddity".

Já o designer Hideo Kojima fez diversas referências à obra de Bowie em "Metal Gear Solid V: The Phantom Pain", desde o nome do bando de mercenários liderados pelo jogador - Diamond Dogs -, até o uso de uma versão cover de "The Man Who Sold The World" em momentos chave da narrativa do game.

As contribuições do artista para o mundo dos games vem até por parte da genética: seu filho, o cineasta Duncan Jones, dirigiu o filme da popular série "Warcraft", que chega aos cinemas em 26 de maio.

A morte inesperada de David Bowie é chocante e deprimente para alguém que influenciou tanto a cultura pop moderna, mas seu trabalho, e os trabalhos de quem se inspirou por sua obra, continuarão por décadas. Afinal de contas, uma velha piada dos tempos antigos da internet é que, graças a uma carreira repleta de visuais diferenciados, Bowie não estrelou apenas um jogo: na verdade estrelou todos eles.

Start