PUBLICIDADE

Topo

Windows 10 vai mudar a vida de quem joga no PC; saiba como

Com o Windows 10 a Microsoft quer unificar todas as plataformas, incluindo o Xbox One - Divulgação
Com o Windows 10 a Microsoft quer unificar todas as plataformas, incluindo o Xbox One Imagem: Divulgação

Rodrigo Guerra

Do UOL, em São Paulo

31/07/2015 11h02

A história dos jogos no computador está intimamente ligada com os sistemas operacionais, principalmente os da Microsoft. Dos antigos jogos que rodavam apenas no MS-DOS aos mais recentes que rodam até em relógios inteligentes. A chegada de um novo sistema operacional sempre traz novidades para o mercado e com Windows 10 não será diferente.

O novo sistema da Microsoft, que chegou na última quarta (29), tem a pretensão de unificar os games de PC e diminuir a fragmentação plataforma. O Windows 10 traz a promessa de um sistema mais leve e otimizado, mas também robusto e estável – coisas essenciais para quem quer jogar no computador, tudo isso de forma gratuita para quem já tem instalado em sua máquina o Windows 7 ou o 8.1.

O upgrade será gratuito por um ano, ou seja, você não precisa instalar o Windows 10 nesse exato instante, é melhor esperar alguns meses para que saírem as primeiras atualizações do sistema. Logo abaixo você verá quais são as principais mudanças que estão prometidas para quem joga no computador, mesmo que de vez e quando.

Seu computador está pronto para o DirectX 12?

  • Processador

    Intel: Haswell (4ª gen. Core) e Broadwell (5ª gen. Core). AMD: APUs (que mesclam CPU e GPU): A4/A6/A8/A10-7000 (Kaveri), A6/A8/A10 PRO-7000 (Kaveri), E1/A4/A10 Micro-6000 (Mullins), E1/E2/A4/A6/A8-6000 (Beema).

  • Placas de vídeo

    Nvidia: GeForce série 600 e superior. AMD: Radeon série HD 7000 e superior.

DirectX 12 promete surpreender

Anunciado em 2014, o DirectX 12 tem como principal objetivo melhorar o desempenho das placas de vídeo e o consumo de energia do processador. Segundo a Microsoft, essa ferramenta permitirá que os computadores utilizem ainda mais o poder gráfico dos componentes do seu computador para chegar a um aproveitamento "do nível dos consoles".

O DirectX 12 é o "cérebro" por traz da jogatina no computador. Falando bem por cima, o DX12 é um conjunto de códigos e rotinas de programação que permitem que os gráficos fluam na tela do computador. Essa ferramenta será exclusiva para Windows 10 e promete que até mesmo usuários com máquinas mais potentes se surpreendam com os games. De acordo com a empresa, cerca de 52% dos usuários já possuem peças compatíveis com a tecnologia.

Diversos sites especializados, como o Adrenaline, fizeram testes mostrando que o DirectX 12 melhora e muito o desempenho da máquina. Em alguns casos, o ganho chega a 100%. Ou seja, com Windows 10 você praticamente ganha um upgrade em seu computador - sem pagar nada. Resta saber se os games que chegarão com essa tecnologia vão realmente aproveitar esse ganho.

Cortana Windows 10 - Reprodução - Reprodução
A assistente pessoal do Windows 10, Cortana, vai ajudá-lo de diversas formas nos games, como encontrar dicas e até avisar quando seus amigos estiverem online. Porém, a assistente ainda não está disponível em português - a Microsoft diz que o recurso chegará ainda em 2015, mas ainda sem data definida.
Imagem: Reprodução

Mais estabilidade e visual clássico

A melhora do desempenho pode não ser motivo suficiente para atrair os usuários para o Windows 10. De acordo com a pesquisa do Steam, realizada em junho desse ano, 95,77% dos usuários do serviço usam Windows. Desses, 47,93% têm Windows 7 de 64 bits instalados em suas máquinas – um número muito expressivo para um sistema considerado "ultrapassado".

A razão para isso é a estabilidade da plataforma para jogos: O Windows 7 é considerado uma plataforma muito boa para os games por ser muito estável e menos sujeita a bugs e travamentos.

Mas segundo um relatório da Microsoft, um dos principais motivos para que os jogadores não tenham migrado para o Windows 8 foi a brusca mudança de interface. O menu iniciar do Windows 10 é agora uma mescla entre o Windows 7 e Windows 8.1, onde você vê os aplicativos Modern e os de desktop no mesmo lugar. Dessa forma, os games mais simples, aqueles encontrados na Windows Store, podem ser acessados de uma forma mais direta e certeira.

Plataforma de games no Steam - Steam/Junho de 2015 - Steam/Junho de 2015
Windows 7 ainda é a plataforma mais usada para games no Steam
Imagem: Steam/Junho de 2015

Integração do Windows com o Xbox One

Mesmo que você não use o computador como sua plataforma principal para jogos, o Windows 10 traz algumas novidades para quem tem o Xbox One em casa. O Windows 10 vem com o aplicativo Xbox instalado e com ele você pode gravar games, capturar telas e coisas do tipo. Mas a novidade mais empolgante é a capacidade de fazer transmissão dos games do Xbox One para o computador.

Dessa forma você poderá jogar "Forza MotorSport 6", "Dead Rising 3" e todos os outros games do console na tela do seu laptop, computador e até mesmo nos celulares e tablets com Windows 10. Pode até parecer besteira fazer isso – afinal, a TV da sala é maior do que a tela de um laptop – mas essa possibilidade permite que você tenha a liberdade de jogar seus games mesmo quando a TV estiver sendo usada por outros membros da família. A qualidade de transmissão é muito boa mesmo usando redes Wi-Fi bastante congestionadas.

Para fazer a transmissão dos jogos do seu Xbox One para o Windows 10 você vai precisar fazer o pareamento entre as máquinas. Isso é feito no menu de preferências do console e escolher a opção de permitir fazer o Streaming de jogos

Além disso, o aplicativo Xbox permite que você grave jogos (e até programas) com o recurso Game DVR. As gravações podem ser editadas facilmente e serem salvas no disco local para depois subir para o YouTube ou UOL Mais sem muitas dificuldades. O aplicativo Xbox também permite que você fale com seus amigos no Xbox Live, veja suas conquistas e tudo mais o que você faz no seu Xbox One.

Para isso, fazer uma simples configuração no seu Xbox One, indo no menu de opções, ir na categoria Sistema e Apps e deixar marcada a opção "Permitir Streaming noutros aplicativos". Já no computador, você deve logar no Xbox Live com o mesmo Gamertag usado no aplicativo Xbox.

Para completar, vá para a opção Conexão e então adicione o seu Xbox One. Lembrando: tanto o computador quanto o Xbox One devem estar na mesma rede, de preferência usando cabos para diminuir o atraso dos comandos (o famigerado lag).

Atualizar agora ou depois?

O Windows 10 está realmente fazendo um burburinho, porém você não precisa sair correndo para as montanhas e instalar o novo sistema operacional agora. Os primeiros jogos que vão utilizar o DirectX 12 estão previstos para chegar no fim do ano. Além disso, a Cortana (veja box) também só chegará no Windows 10 brasileiro no final do ano.

Existem motivos reais para quem quer fazer atualização, como melhora do desempenho e a integração com o Xbox One – o que por si só seriam motivos de sobra para fazer o upgrade. Mas a cautela pode ser uma grande amiga. Alguns usuários ao redor do mundo estão apontando que alguns programas foram perdidos durante a migração.

O sistema é bom e vale o upgrade – principalmente por ser gratuito. Dessa vez parece que a Microsoft acertou na mosca. Resta saber se os usuários vão entrar nessa onda.

Requisitos mínimos do Windows 10

  • Processador

    1GHz

  • Memória RAM

    1GB para interface em 32 bit ou 2GB interface em 64 bit

  • Armazenamento

    16GB (32 bit) ou 20GB (64 bit);

  • Gráficos

    Placa de vídeo ou APU compatível com DirectX 9 e com driver WDDM 1.0

  • Monitor

    Tela com, pelo menos, resolução de 800 x 600 pixels.