PUBLICIDADE

Topo

"Metro Redux" para PS4 e Xone recebe demo com um terço de cada campanha

Jogo mostra vida subterrânea em uma Rússia pós-apocalíptica - Divulgação
Jogo mostra vida subterrânea em uma Rússia pós-apocalíptica Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

02/06/2015 20h00

A coletânea "Metro Redux", que traz versões remasterizadas de "Metro 2033" e "Metro: Last Light" para o PS4 e Xbox One, recebeu demos especiais para ambos os jogos.

Ao contrário de outras demonstrações, que geralmente mostram apenas um pequeno trecho de seus respectivos jogos, a demo de ambos os games representam aproximadamente um terço de cada game da coletânea, com oito capítulos de "Metro 2033" e nove de "Last Light", respectivamente.

"Nos inspiramos no lançamento de shareware original de 'Doom', e decidimos liberar o máximo possível do jogo", declarou o CEO do estúdio 4A Games, Dean Sharpe.

Quem quiser comprar os jogos após testar as demos poderá seguir a campanha do ponto em que parou. Por enquanto, não há informações sobre a possibilidade de estas demonstrações chegarem ao PC

Em abril, a publisher Deep Silver anunciou que "Metro Redux" vendeu 1,5 milhão de cópias desde seu lançamento.

ASSISTA À VIDEOANÁLISE DE "METRO REDUX"

  •  

Vida subterrânea

Basados nos livros de Dmitry Glukhovsky e desenvolvido pela ucraniana 4A Games, "Metro Redux" traz uma versão repaginada de "Metro 2033" e "Metro: Last Light" para o PC e nova geração de consoles.

Os jogos se passam em um mundo pós-apocalíptico, em que cidadãos de Moscou se refugiaram no sistema de metrô da cidade após um ataque nuclear em escala global. O protagonista da série é Artyom, um jovem soldado que encontra diversos grupos e criaturas ao explorar os escuros túneis ou o desolado mundo de cima.

Além das melhorias gráficas, "Metro Redux" traz dois modos de dificuldade especiais: Survival, com tom mais parecido com o de "2033", com maior foco no horror e pouca munição e equipamento; e "Spartan", mais voltado para a ação frenética como em "Last Light".