PUBLICIDADE

Topo

Estúdio de "Murdered: Soul Suspect" fecha as portas

do Gamehall

04/07/2014 16h05

Um mês após o lançamento de seu último jogo, "Murdered: Soul Suspect", o estúdio Airtight Games fechou as portas, após dez anos de existência.

Rumores de que a produtora havia fechado começaram na última terça (1º), quando o site Geekwire reportou que o escritório do estúdio havia sido fechado, e o equipamento utilizado no desenvolvimento posto à venda.

A confirmação, porém, veio do Twitter oficial da Airtight Games. "Obrigado a todos os fãs, famílias, amigos e colegas que nos apoiaram e tornaram os últimos 10 anos possíveis", diz a declaração. "Obrigado a todas as pessoas extraordinárias que trabalharam em 'Dark Void', 'Quantum Conundrum', 'Murdered', 'Soul Fjord' e 'DerpBike'".

De acordo com o ex-funcionário Lee Scheinbeim, em sua conta no Twitter, demissões começaram em janeiro. Em abril, 14 pessoas foram demitidas do estúdio, parte de uma "reestruturação necessária", de acordo com o presidente Jim Deal.

Fundado em 2004, o Airtight Games também é conhecido pelo jogo de ação "Dark Void", de 2010, e por "Quantum Conundrum", jogo de plataforma desenvolvido pela designer de "Portal", Kim Swift, lançado em 2012. Swift atualmente trabalha no Amazon Games Studio.

ASSISTA AO TRAILER DE "MURDERED: SOUL SUSPECT"

  •