Topo

Testamos: controle do Xbox One se aperfeiçoa para ser o 'joystick definitivo'

Théo Azevedo

Do UOL, em Seattle*

22/05/2013 11h34

À primeira vista o controle do Xbox One não parece lá muito diferente se comparado ao do Xbox 360, mas após centenas de protótipos, um ajuste aqui e outro acolá, a Microsoft diz ter feito mais de 40 aperfeiçoamentos.

Eis os principais:

Bateria: localizada na parte traseira do joystick do Xbox 360, a bateria agora é interna, deixando um espaço maior e mais confortável para as mãos;
D-Pad: o formato em círculo ficou para trás e deu lugar ao direcional em forma de cruz;

Gatilhos: cada um possui um motor "rumble" (além da vibração do próprio controle), que funcionam - e bem - para dar mais realismo aos jogos;
Alavancas analógicas: estão um pouco menores, ganharam textura diferente e maior precisão.
Porta misteriosa: no lugar onde era conectado o teclado no controle do Xbox 360 há uma porta para transmissão rápida de dados cuja função a Microsoft ainda não revelou;

• Botões no centro: no lugar do Start e do Back há dois botões sobre os quais a Microsoft também foi econômica nas palavras, mas provavelmente devem funcionar para navegar rapidamente entre as diferentes funções multitarefas do Xbox One.

O UOL Jogos testou o controle do Xbox One em seis demonstrações técnicas e, na prática, a pegada do controle é muito similar à do anterior, mas nota-se logo de cara um maior espaço na superfície central e uma "pegada" que parece mesmo acomodar melhor mãos maiores.

Porém, o foco da demonstração eram os gatilhos com motor "rumble". A princípio parece perfumaria ter um dispositivo de vibração para cada gatilho, mas a novidade se mostrou promissora: um dos demos simulava a partida e a aceleração do motor de um carro, e deu pra sentir o solavanco e logo em sentida a vibração do motor.

Nas mãos certas, com o perdão do trocadilho, este recurso pode muito bem aumentar a imersão com alguns jogos: imagine, por exemplo, sentir com mais precisão o recuo do rifle sniper após um disparo?

É difícil tirar conclusões precisas sem passar mais tempo com o controle e, claro, submetê-lo ao teste prático, com shooters, jogos de corrida etc. Mesmo assim, está claro que o joystick do Xbox One é muito mais um aperfeiçoamento que uma reivenção do anterior. E a Microsoft está confiante de que, enfim, criou o controle definitivo para games.

VEJA O VÍDEO DE APRESENTAÇÃO DO XBOX ONE

  •  

.

  • 8888
  • view
  • pos
  •  
  • {pos_view: UOLLib.Custom.Enquete.pos_view, pos_markup: UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup, pos_markup_vote : UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup_vote, pos_markup_view : UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup_view }

*O jornalista viajou a convite da Microsoft.

Start