PUBLICIDADE

Topo

Blizzard está 'investindo pesado' no lançamento de "Diablo III" para consoles, diz diretor

do Gamehall

22/11/2011 16h24

Ao que tudo indica a Blizzard realmente quer disponibilizar "Diablo III" para os consoles, e de acordo com Jay Wilson, diretor do jogo, a empresa está investindo bastante na versão para videogames, pois, ao contrário do que foi dito há algum tempo, não quer que ela seja um "port" da edição para PC.

"Não querermos fazer um 'port' [da versão para PC]. Queremos construir o jogo para console, fazer com que ele pareça desenvolvido inicialmente para um videogame. Se fizermos isso, queremos que ele seja visto como algo pensado para uma plataforma desde o estágio inicial", explicou Wilson.

O diretor também disse que, após alguns meses de procura, a empresa conseguiu montar um time "realmente grande" para trabalhar na versão para consoles, e esta equipe vai receber o apoio do departamento de arte e de pessoas importantes no desenvolvimento de "Diablo III".

Por fim, também foi dito que essa versão para videogames ainda não foi anunciada porque a equipe continua explorando as possibilidades. Além disso, Wilson disse que os anúncios da Blizzard são um grande negócio, mas que o time não está fazendo questão de manter segredo porque a grande barreira nesta situação é formar um time de desenvolvimento para console.

 

Diablo III
Diablo III
#dev_albumEmbed015('tagalbum','38911+AND+16715')


Um novo Mal

A história de "Diablo III" se passa vinte anos depois dos eventos do antecessor. Os demônios Mephisto, Diablo e Baal foram derrotados, mas a Worldstone, que protegia o mundo tanto das alturas celestiais como das profundezas do inferno, foi destruída, e o Mal ameaça novamente Tristram.

Controlando uma das cinco classes diferentes de personagens, o jogador vai cumprindo missões - tanto aquelas que fazem parte do roteiro como as que surgem aleatoriamente -, ganhando novos equipamentos e habilidades ao longo do tempo.
 

Cenas de ação liberadas na Blizzcon 2011

  •