PUBLICIDADE

Topo

TGS 2011: "Metal Gear" faz bonito no 3DS com bom efeito tridimensional e controles adaptados

CLAUDIO PRANDONI

Enviado especial a Tóquio

15/09/2011 14h35

"Metal Gear Solid Snake Eater 3D" foi um dos primeiros games revelados para o Nintendo 3DS. Até então, apenas demos técnicas tinham sido mostradas em eventos, mas a versão da TGS 2011 já mostrava uma produção mais robusta e com cara de "jogo completo".

O trecho disponível era bem curto - compreendia do início da aventura até o momento em que Naked Snake encontra o cientista Sokolov - e em menos de 15 minutos já foi batido, mas deixou uma impressão positiva.

Logo de cara é notório um visual mais simplificado em relação ao jogo original para PS2 - texturas têm baixa resolução e os modelos menos polígonos - mas na pequena tela do 3DS o impacto da mudança fica mais leve e não compromete.

Em contrapartida, o efeito 3D é dos melhores vistos no portátil e não incomoda nem um pouco, mesmo com a intensidade no máximo. A espessa selva de "MGS3" ganha volume e ar de novidade e até identificar os soldados inimigos camuflados de verde fica mais fácil.

Os controles são um pouco confusos a princípio - em especial para veteranos da série - mas logo se mostram bem adaptados para o portátil: o disco analógico move Snake, o direcional digital serve para agachar e equipar itens, os botões ABXY movimentam a câmera enquanto o L mira e o R vira um botão de ação contextual. O botão atira se você estiver mirando, durante corridas faz o heroi rolar e proximo de bandidos aplica um golpe de CQC.

Metal Gear Solid Snake Eater 3D
Metal Gear Solid Snake Eater 3D
#dev_albumEmbed015('tagalbum','41107+AND+49733')

Infelizmente não era possível testar o game com o acessório que acrescenta um novo disco analógico ao 3DS. Por mais que seja feio, parece o tipo de coisa que pode melhorar bastante os controles de "MGS 3D".

A navegação por menus pode ser feita pela tela de toque, o que suaviza bastante a burocracia chata para trocar de equipamento ou fazer curativos do game original, e foi possível testar também a função de tirar foto para criar camuflagens, que não é nada revolucionário, mas diverte e casa bem com a proposta de um videogame portátil.

Veja trailer de "Metal Gear Solid: Snake Eater 3D"

  •