Conteúdo de marca

Pode esse meme, Arnaldo?

Ana Carolina Silva

De Splash, em São Paulo

Os 70 anos da TV brasileira nos dão uma certeza:

O futebol é mesmo paixão nacional. Mas o meme é o maior esporte do Brasil.

No dia a dia, um bom amante do esporte acaba usando bordões de Cléber Machado, Caio Ribeiro e do craque Neto. E quem nunca comemorou algo gritando "É tetra" como Galvão Bueno?

Continua depois da publicidade
galvão pelé - reprodução/TV Globo - reprodução/TV Globo
Cena clássica de Galvão Bueno comemorando o tetra ao lado de Pelé na Copa de 1994
Imagem: reprodução/TV Globo

E como a gente poderia esquecer do dia em que o Neto surtou na Band, ao vivo, por causa de pão? Ou melhor, por causa de...

PÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!

Ele estava bem irritado com o desempenho do Corinthians, fez um desabafo explosivo na Band e criou uma legião de pessoas que gritam pããão!!!!!!!! de vez em quando.

neto pão - montagem com reprodução/Band - montagem com reprodução/Band
Montagem com cena clássica do Craque Neto e imagem de pães ao fundo
Imagem: montagem com reprodução/Band

Hoje não! Hoje não! (...) Hoje sim, hoje sim!

O brasileiro não supera seus memes. As palavras acima foram ditas por Cléber Machado em 2002, enquanto narrava a Fórmula 1, mas ele conta que até hoje as pessoas o veem na rua e saem gritando isso.

Ou seja, há 18 anos é "hoje sim, hoje sim, hoje sim".

cleber hoje sim - montagem com reprodução/TV Globo - montagem com reprodução/TV Globo
Cléber Machado e balão de texto com a frase "hoje sim"
Imagem: montagem com reprodução/TV Globo

Os narradores são carinhosos com o telespectador, mas do lado "boleiro" já teve gente que apontou o dedo na cara da TV e fez todo o mundo pagar a própria língua.

Sim, estamos falando do que Zagallo fez em 1997 com o famoso:

Vocês vão ter que me engolir!

E todo bom meme costuma renascer como uma fênix.

Em 2016, depois de ganhar o tão sonhado ouro olímpico com a seleção brasileira, Neymar (que vinha sendo muito criticado, até por Galvão) viu a câmera da Globo e não pensou duas vezes antes de "fazer o Zagallo" e dar um tapa na nossa cara.

Continua depois da publicidade

A relação entre Neymar e Galvão ficou abalada com aquela troca de farpas, mas é claro que o torcedor se divertiu.

meme neymar e galvão - reprodução/Twitter - reprodução/Twitter
Meme com Neymar e Galvão Bueno
Imagem: reprodução/Twitter

Mas nem só de memes alegres vive o torcedor brasileiro.

A frase "Lá vem eles de noooooovo", de Galvão Bueno, pode dar calafrios em quem já tinha idade para entender o que estava acontecendo em 8 de julho de 2014: o 7 a 1.

Ah, o 7 a 1... Nosso grande trauma coletivo. A dor que une este país.

gaúcho da copa - reprodução/TV Globo - reprodução/TV Globo
Clóvis Acosta Fernandes, o Gaúcho da Copa, abraça réplica da taça em 2014
Imagem: reprodução/TV Globo
Continua depois da publicidade

Mas quem nos fez chorar mesmo (e sorrir com carinho) foi Clóvis Acosta Fernandes, o "Gaúcho da Copa" que foi filmado abraçando uma réplica da taça.

Este querido senhorzinho morreu em 2015, mas é, até hoje, um dos reis das nossas figurinhas de WhatsApp.

Os alemães nos deixaram magoados, humilhados na nossa própria casa.

Deu vontade de xingar, não é?

E Caio Ribeiro poderia xingá-los como ninguém! Dá para imaginar:

Ô, Klose, você é um bananão!

montagem klose banana - UOL - UOL
Montagem com o rosto de Miroslav Klose, ex-atacante da seleção alemã, em uma fantasia de banana
Imagem: UOL
0