Conteúdo de marca

Histórias brasileiras dignas de doc

Kelly Ribeiro

Colaboração para Splash, do Rio

Alô, Netflix!

Se tem algo que o brasileiro sabe fazer é protagonizar histórias peculiares, dignas de documentário e que renderiam um extenso material em salas de roteiro. Não por acaso, a Netflix já buscou em terras tupiniquins inspiração para uma de suas séries documentais.

Continua depois da publicidade

Em 2019, a toda-poderosa do streaming lançou "Bandidos na TV" contando a história do político e apresentador Wallace Souza, acusado de integrar um grupo de extermínio em Manaus (AM) e ordenar assassinatos para aumentar a audiência do próprio programa.

Da mesma fonte saíram vários outros casos que já renderam ou ainda rendem assunto —e deixariam "Tiger King" no chinelo. De cobras traficadas a padre voador, tem assassinato em família, falsa gravidez e sumiço misterioso. O mais puro suco de Brasil.

Na série TBTê de hoje, a gente lembra alguns desses casos.

O Caso Flordelis

O assassinato do pastor Anderson do Carmo tem desdobramentos cada vez mais cabeludos conforme o avanço das apurações. A morte do ex-marido da deputada federal Flordelis dos Santos Souza, em junho de 2019, abriu uma verdadeira caixa de pandora das bizarrices —que aponta envolvimento da viúva e de muitos de seus filhos biológicos, adotivos e até de uma neta.

Flordelis Casal - Reprodução/Extra - Reprodução/Extra
Flordelis e o marido Anderson posaram para fotos em frente a Alerj, no centro do Rio de Janeiro. Três dias depois, Anderson foi morto
Imagem: Reprodução/Extra

Começando pelo envolvimento da própria Flordelis, cuja investigação apontou como mandante do crime. A parlamentar, missionária e cantora gospel ganhou notoriedade na década de 1990 por ter mais de 30 filhos entre biológicos e adotados. Ela ficou conhecida como "Missionária do Tráfico" por resgatar crianças e jovens da marginalidade.

Poster flordelis - Divulgação - Divulgação
Cartaz do filme sobre Flordelis
Imagem: Divulgação
Continua depois da publicidade

Em 2009, teve a história de vida transformada em filme. O longa de Marco Antônio Ferraz e Anderson Corrêa tem nomes como Cauã Reymond, Alinne Moraes e Deborah Secco. Os atores sequer receberam cachê, de tão encantados com a história dela. Climão.

Some a isso a prisão de dois filhos do casal acusados do crime, relatos de orgias envolvendo parte da família e até uma suspeita de adoção irregular

Ah, a gente já falou que ela também era cantora?

A motivação do crime ainda não foi descoberta, há várias divergências nos depoimentos da família, além de inconsistências em torno dele assim como da própria configuração familiar de Flordelis. A deputada é suspeita de ser mentora intelectual da morte do ex-marido.

Continua depois da publicidade

Naja do Distrito Federal

O que a princípio parecia "só" uma picada de cobra se transformou em caso de polícia, com suspeita de tráfico internacional de animais exóticos e silvestres. O desenrolar se deu quando Pedro Henrique Santos Krambeck, estudante de veterinária, foi picado por uma naja no dia 7 de julho, em Brasília.

Naja - Ivan Mattos/Zoológico de Brasília - Ivan Mattos/Zoológico de Brasília
A cobra naja que picou o estudante de veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, de 22 anos
Imagem: Ivan Mattos/Zoológico de Brasília

A cobra é uma das mais venenosas do mundo e como não havia soro antiofídico no DF, médicos e familiares tiveram que recorrer ao Instituto Butantan, em São Paulo - único local que tinha o soro no país, destinado à pesquisa. Pedro ficou em estado grave e chegou a entrar em coma.

Naja DF - Reprodução/ Instagram - Reprodução/ Instagram
Perfil da cobra naja foi criado no Instagram
Imagem: Reprodução/ Instagram
Continua depois da publicidade

A Polícia Civil instaurou inquérito após outras serpentes terem sido encontradas numa fazenda a 73 km de onde o estudante foi picado. A suspeita é que todas elas sejam dele, e façam parte de uma rede internacional de tráfico de animais. Pedro, a mãe, o padrasto e até um amigo foram intimados a depor e multados. Outros envolvidos também foram alvo de sanções.

Naja - Arquivo pessoal / Facebook - Arquivo pessoal / Facebook
Cobra Naja no DF
Imagem: Arquivo pessoal / Facebook

Os desdobramentos da Operação Snake, deflagrada para apurar o caso, ainda estão em andamento. Já a naja, que ganhou sessão de fotos, conta no Twitter e vários memes, foi encaminhada à Fundação Jardim Zoológico, em São Paulo, e passa bem.

Adelir - Foto Divulgação - Foto Divulgação
O padre Adelir Antônio de Carli, que tenta bater um recorde mundial ao querer ficar 20 horas no ar. Carli desapareceu na noite do dia 20 de abril de 2008 no litoral de Santa Catarina.
Imagem: Foto Divulgação
Continua depois da publicidade

O Padre dos Balões

Em 2008, o padre Adelir de Carli, 41, resolveu realizar um sonho e ao mesmo tempo arrecadar fundos para a comunidade: cruzar o céu entre estados voando amarrado a balões. A ideia ousada virou assunto no país inteiro. Mas o que era para ser um ato heroico acabou se transformando em tragédia.

Adelir - Reprodução/Vírgula UOL - Reprodução/Vírgula UOL
O brasileiro Adelir Antônio de Carli, o Padre dos Balões, ganhou o prêmio Darwin em 2008, após voar amarrado a mil balões com gás hélio, ser desviado pelo vento e desaparecer.
Imagem: Reprodução/Vírgula UOL

Adelir saiu de Paranaguá, no Paraná, com a intenção de chegar a Dourados, no Mato Grosso do Sul, em uma cadeira de parapente amarrada a cerca de mil balões de festa cheios de gás hélio. O objetivo era divulgar a Pastoral Rodoviária, que presta assistência a caminhoneiros da cidade litorânea.

Continua depois da publicidade

Já na partida, quem acompanhava a empreitada começou a chorar imaginando o que poderia acontecer. O padre desapareceu no dia 20 de abril, quando levantou voo mesmo com o tempo encoberto, apesar de estar ciente das condições. As buscas duraram quase um mês na costa de Santa Catarina.

Até que no dia 3 de julho um rebocador que prestava serviço para a Petrobras encontrou um corpo vestido com uma manta de alumínio, como a que o sacerdote usava, a cerca de 100 quilômetros da costa de Macaé, no Rio. Exames de DNA comprovaram a suspeita.

Embora tenha dado a vida pela causa, o padre baloeiro ganhou fama pelo tom provinciano do ocorrido e o Prêmio Darwin, dado às mortes mais estúpidas.

O Menino do Acre

Em 2017, o estudante Bruno de Melo Silva Borges voltou as atenções para o Acre ao desaparecer por cinco meses. No quarto dele, mensagens criptografadas, uma estátua em tamanho real do filósofo italiano Giordano Bruno (1548 - 1600) e um livro misterioso. As imagens do cômodo viralizaram.

Continua depois da publicidade
Menino do Acre - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Bruno Borges, de 24, que ficou conhecido em todo o Brasil como o "menino do Acre"
Imagem: Reprodução/TV Globo

O Menino do Acre, como ficou conhecido, sumiu em 27 de março e só voltou para casa 11 de agosto, de forma voluntária, deixando em aberto uma série de interrogações. Ele não explicou onde ficou durante esse tempo, o que fez e justificou o sumiço apenas como necessidade de sair da zona de conforto.

Menino do Acre - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

No entanto, uma das hipóteses levantadas na época era de que tudo não passava de um plano de marketing para promover o livro de Bruno. Versão contestada pela família. "TAC: Teoria da Absorção do Conhecimento" foi publicado em junho, com tiragem de 20 mil exemplares. Mas não agradou a crítica.

Continua depois da publicidade
acre - BBC - BBC
Menino do Acre mostra o quarto
Imagem: BBC

Com o reaparecimento do estudante, o inquérito foi encerrado pela polícia alegando que houve "comprovação de ausência voluntária". Depois, Bruno ainda abriu o quarto para visitação guiada aos interessados em conhecer sua obra. Jogada de marketing ou não, ele sabe como instigar curiosidade.

A Grávida de Taubaté

Em 2011, Maria Verônica Aparecida César Santos protagonizou um dos casos mais marcantes da televisão brasileira. Ela dizia estar grávida de quadrigêmeos, circulava com uma barriga enorme e desproporcional e com isso ganhou a solidariedade da cidade de Taubaté, no interior paulista.

Continua depois da publicidade

Maria Verônica foi parar no 'Hoje em Dia' para pedir ajuda financeira e contar seu "drama" em rede nacional. Mas a apresentadora Chris Flores não comprou a história. Chris chegou a confrontar a 'grávida de Taubaté' no camarim e sem uma resposta satisfatória orientou um repórter a investigar.

grávida - Reprodução - Reprodução
Grávida de Taubaté, super naturalzinha
Imagem: Reprodução

Estava descoberta a farsa. A ultrassonografia usada por ela tinha sido pega na internet. Maria Verônica teve de devolver o que ganhou no programa e ainda foi processada pelo Ministério Público. Ela conseguiu enganar a família e até o marido.

A justificativa seria a falta de atenção da família, já que o casal estava afastado dos parentes, que não aceitavam o relacionamento.

Continua depois da publicidade

Fato é que o caso foi um marco para Chris Flores que, apesar de já ser apresentadora do "Hoje em Dia" durante o ocorrido, viu sua carreira alçar um novo patamar televisivo. E a cidade que antes era conhecida como terra onde nasceu Hebe Camargo virou sinônimo de tapeação.

Qual dessas histórias você queria de ver num documentário?

Resultado parcial

Total de 2363 votos
68,35%
4,27%
9,23%
18,15%
Total de 2363 votos

Valide seu voto

Isso só para citar algumas das histórias esquisitas Brasil afora. Certeza que você aí deve lembrar de outras que também serviriam muito bem aos assinantes de streaming que não perdem um bom documentário.

0