PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Otaviano Costa ganha programa de rádio e fará dupla jornada com TV

Apresentador Otaviano Costa, do "Vídeo Show", agora também estará no rádio - Divulgação/Globo
Apresentador Otaviano Costa, do "Vídeo Show", agora também estará no rádio Imagem: Divulgação/Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

04/06/2017 14h33Atualizada em 04/06/2017 18h55

O apresentador da Globo tem um novo emprego a partir do dia 12. Ele será o âncora de um  novo programa matinal da rádio Globo FM.

A princípio o “No Ar Com Otaviano Costa” será transmitido  nas rádios Globo SP e Rio (94,1 e 98,1 respectivamente). Mas, já no primeiro ano, os planos são levar a atração diariamente para as 50 maiores cidades do Brasil.

Otaviano é parte dos planos para a remodelação da grade da rádio Globo. Aliás, Nova Rádio Globo é a nova "tag".

A ideia corporativa é que ela fique muito mais parecida com a TV. Em outras palavras, que se torne uma espécie de “TV Globo do rádio”.

O programa de Otaviano terá três horas diárias, das 8h às 11h, de segunda a sexta. Terá convidados para entrevistas e apresentações. Também conta muito com o poder de improvisação do apresentador.

O “No Ar” contará ainda com dois repórteres para a área de entretenimento nacional e internacional.

No entanto, em caso de emergências noticiosas, Otaviano diz que a equipe estará preparada para fazer a cobertura ao vivo. “A sinergia (com o departamento de Jornalismo) será enorme.”

O apresentador, que também é (bom) pianista, vai ter um teclado no estúdio e eventualmente poderá tocar com convidados.

O estúdio está sendo construído no próprio Projac, de forma que ele não precisará se locomover muito para fazer a jornada dupla à tarde, no “Vídeo Show”.

Otaviano está voltando ao rádio após mais de 15 anos. Na verdade ele surgiu aí como comunicador, entre 90 e 91, no programa “Pandemônio”, na rádio Jovem Pan.

@feltrinoficial

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL